Os cidadãos e as smart cities, Canon, Facebook, Magalu & Muito Mais

Arte sobre foto/ Getty Images

TENDÊNCIAS GLOBAIS

Cidadãos são favoráveis às smart cities e querem suas cidades sustentáveis

A vida nas cidades está aquém das expectativas dos cidadãos na era digital. Foi isso que revelou um novo relatório do Instituto de Pesquisa Capgemini que explorou as respostas de 10 mil cidadãos e mais de 300 autoridades municipais em 10 países e 58 cidades. No Brasil, 1 mil pessoas foram ouvidas de cinco cidades. O levantamento descobriu que muitos cidadãos estão frustrados com a atual estrutura das cidades em que vivem e estão preparados para partir para uma mais avançada digitalmente. Em média, 40% dos residentes podem deixar suas cidades no futuro devido a uma variedade de questões problemáticas, incluindo frustrações digitais.

O relatório “Ruas Inteligentes: Colocando o Cidadão no Centro das Iniciativas de Cidades Inteligentes” revelou, ainda, que mais da metade das pessoas (58%) considera que as cidades inteligentes são sustentáveis e fornecem melhor qualidade dos serviços urbanos (57%). Isso explica por que mais de um terço delas (36%) está disposta a pagar mais por essa experiência urbana enriquecida. No entanto, existem sérios desafios à implementação, principalmente em termos de dados e financiamento.

Apenas uma em cada dez autoridades municipais diz estar em estágios avançados de implementação de uma visão de cidade inteligente e menos de um quarto (apenas 22%) começou a implementar iniciativas de smart cities. A previsão é que um terço da população mundial viva em uma cidade até 2050, com o número de megacidades aumentando de 33 hoje para 43 em 2030. Além disso, existe um desejo global considerável de cidades inteligentes entre os cidadãos, o que significa que uma abordagem acelerada seria bem recebida.

Siga todas as novidades da Forbes Insider no Telegram

****
O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

Canon traz ao Brasil equipamento para procedimentos pouco invasivos

A Canon Medical Systems, especializada em soluções de imagens para diagnósticos médicos, traz ao Brasil a inovadora tecnologia Alphenix 4DCT, considerada um dos pilares da cirurgia do futuro. É o primeiro equipamento na América Latina que integra tomografia computadorizada, angiografia e hemodinâmica para tratamento de tumores oncológicos e de AVC, entre outras finalidades. Todo o processo é feito via laparoscopia, com segurança e conforto ao paciente e eficiência para os profissionais da saúde. ”É o início de uma nova era da radiologia intervencionista para procedimentos minimamente invasivos”, resume Eduardo Davigo, diretor de marketing da Canon. A primeira unidade do Alphenix 4DCT está instalada no Real Hospital Português, em Recife (PE), o maior complexo hospitalar do Norte-Nordeste. O equipamento já está em uso para os casos indicados, que abrangem doenças oncológica e vascular, além da ortopedia, por meio do tratamento de músculos.

Divulgação

Amcham lança nova funcionalidade para conectar empresários brasileiros

A Amcham Brasil anunciou nesta semana uma nova funcionalidade para o aplicativo da instituição. A plataforma, que foi criada para auxiliar empresários na nova era durante e pós-pandemia, pode ser acessada também por computador e traz destaques nacionais, por meio das demandas de empresas associadas, assim como vantagens de produtos e serviços para os associados. Além disso, o aplicativo reproduz a agenda de encontros, que acontecerão presencial e digitalmente, para potencializar os negócios. São mais de 20 mil executivos de todo o Brasil, associados à Amcham, já cadastrados na plataforma para obter conteúdos exclusivos e estabelecer conexões profissionais. “É mais uma maneira inovadora para trazer conexão e facilidade para os empresários’’, diz a coordenadora regional da Amcham Curitiba, Isabella Francesquini Slompo. “Além da possibilidade de incluir ofertas e vantagens das empresas, a ferramenta vai além e promove o match entre demandas reais das empresas e compradores aos potenciais fornecedores, com visibilidade para a região sul e a todo o Brasil”, completa. Já fazem parte da plataforma empresas como Sodexo, Chocolates Kopenhagen, KPMG e Furukawa, entre outras.

Infobip compra OpenMarket e alcança US$ 1 bilhão de faturamento

A Infobip, empresa croata que opera uma das maiores plataformas de mensageria do mercado, anunciou uma compra importante para seu avanço mundial de comunicação na nuvem: a OpenMarket, provedora de soluções móveis da Amdocs, empresa israelense especializada em software. Pelo valor bruto de US$ 300 milhões, a transação já resultou em um faturamento de US$ 1 bilhão para a Infobip e ampliará seu alcance de mercado, unindo a escalabilidade da OpenMarket nos Estados Unidos com a força da companhia croata ao redor do mundo para processar mais de 14 bilhões de interações entre empresas e consumidores em mais de 190 países. “Juntas, as companhias têm mais de 10 mil clientes. Agora, seremos capazes de atender às necessidades das empresas localizadas em todas as regiões, oferecendo conectividade para mais de 650 operadoras móveis e um portfólio de ofertas de mensageria na nuvem”, diz Yuri Fiaschi, VP de vendas da Infobip.

Divulgação

Magazine Luiza inaugura laboratório de tecnologia no ONOVOLAB

O campus de inovação ONOVOLAB, sediado em São Carlos, anunciou essa semana a inauguração do novo centro de tecnologia e inovação do Magalu. A iniciativa faz parte das ações do Luizalabs, laboratório da empresa, localizado no núcleo de P&D. O objetivo da novidade é criar produtos e serviços com foco no varejo, oferecendo aos clientes mais benefícios e uma melhor experiência de compra. A expectativa é que ao longo dos próximos meses a operação gere 100 empregos ligados à tecnologia. No local, estão sediadas mais de 70 startups, algumas delas com forte tração de mercado, como a Movile e a belga Ivex. Entre as grandes empresas que buscam inovação, constam nomes como Mapfre, Philip Morris, Electrolux, Roche, Santander e Ambev. As equipes das startups Stoq e Softbox, adquiridas pelo Magalu recentemente, já estão atuando no novo centro.

Aplicativo oficial da Zona Azul de São Paulo já está disponível para download

A rede de estacionamentos Estapar é, desde ontem (17), a única empresa responsável pela Nova Zona Azul Digital de São Paulo. Ao todo, a empresa vai gerir as cerca de 51 mil vagas do tipo que existem na capital paulista. Para usar o serviço, é preciso fazer o download do Estapar Nova Zona Azul – SP nas lojas de aplicativos dos smartphones iOS e Android. Com ele, o cidadão terá a possibilidade de visualizar em um mapa sua localização e o nível de ocupação das vagas em seu destino, logo após fazer login, o que reduzirá a circulação em busca de um local para estacionar. A cor vermelha representa alta ocupação de carros, a amarela sinaliza média disponibilidade e a verde indica maior chance de encontrar uma vaga. O aplicativo também oferece o alerta de tempo restante para o veículo permanecer na vaga, com mensagens enviadas automaticamente ao smartphone até 15 minutos, 10 minutos e cinco minutos antes da expiração e possibilidade de renovação remota.

Bahia se impõe como polo de inovação tecnológico no Nordeste

Nos últimos dias, a Bahia ganhou um novo apelido carinhoso: Vale do Silício nordestino. A nova nomenclatura tem relação com os dados recentes da Associação Brasileira das Startups, que revelou a Bahia como o estado nordestino que reúne o maior volume de investimentos no setor de tecnologia e inovação do Brasil, com US$ 11,7 milhões. A conquista pode ser duplamente comemorada, visto que, além do destaque, a vitória representa um avanço exponencial da região. Em 2017, a capital baiana figurava na 18ª posição em um ranking nacional que quantifica as empresas de inovação. Em 2019, saltou para o 8º lugar e, em 2020, já ocupa a 5ª posição. A evolução foi tanta que falta pouco para que o estado alcance os investimentos realizados em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, grandes protagonistas do setor. Parte do crédito pertence a três startups que têm se destacado nacionalmente neste cenário: Agilize, pioneira em contabilidade online no país, Sanar, que cuida da jornada profissional dos médicos, e o Jusbrasil, que desburocratiza e otimiza o consumo e a utilização de informações jurídicas.

Santos Brasil adquire carregadores para carros elétricos para o TEV

A Santos Brasil, especializada em movimentação portuária e logística, deu o primeiro passo para que seu Terminal de Veículos (TEV) receba cada vez mais veículos elétricos. A companhia acaba de adquirir dois carregadores: um fixo, instalado em um totem, e outro móvel, que será acoplado a um veículo da empresa para carregar automóveis que percam carga no momento do desembarque dos navios, evitando a necessidade de reboque. Com isso, o TEV passa a ser o único terminal de veículos do país a dispor deste tipo de equipamento. “Estamos prontos para aumentar o número de equipamentos caso a demanda das montadoras cresça”, diz Wagner Toffoli, diretor comercial de operações logísticas da operadora logística.

****
INVESTIMENTOS

Fintechs brasileiras receberam mais de US$ 1 bilhão em 2020

Em outubro, as fintechs brasileiras receberam US$ 23 milhões, distribuídos em 12 rodadas. Os dez primeiros meses deste ano foram os mais aquecidos da história das fintechs. Desde janeiro, os investimentos no setor alcançaram a marca de US$ 1,01 bilhão – volume 22% maior que o mesmo período de 2019, quando US$ 823 milhões foram aportados. Os dados são do “Inside Fintech Report”, levantamento mensal realizado pelo Distrito Dataminer, braço de inteligência de mercado da empresa de inovação aberta Distrito. Nestes 10 meses de 2020, foram realizadas 71 rodadas em startups do setor financeiro, ante 69 aportes efetuados no mesmo período do ano anterior. No acumulado de 2019 inteiro, foram 89 investimentos no total. Entre as inúmeras categorias que integram o setor de fintechs, a de serviços financeiros foi a que recebeu maior volume de investimentos, US$ 676 milhões, liderança puxada principalmente pelos aportes de US$ 600 milhões no Nubank e no Neon – US$ 300 milhões cada. Em seguida, vieram os segmentos de meios de pagamentos (US$ 101 milhões) e de crédito (US$ 83 milhões).

LEIA TAMBÉM:Fintech ambiental enviou R$ 55 mi para projetos na Amazônia nos últimos seis meses

****
CRESCIMENTO

Apto expande operação e passa a oferecer imóveis fora do Brasil

O Apto, plataforma que conecta potenciais compradores de imóveis novos a construtoras e empreendimentos em todo o Brasil, fechou uma parceria com o Grupo YMK, multi-plataforma de negócios e oportunidades de mercado imobiliário, para vender imóveis novos para brasileiros que desejem morar nos Estados Unidos e em Portugal. O objetivo dessa união é trazer novas oportunidades para o investidor imobiliário brasileiro, bem como para as famílias que buscam se estabilizar fora do país. Atualmente, é possível encontrar empreendimentos em Miami, Orlando, Porto, Estoril e Miraflores. Assim que o comprador escolhe conhecer alguma das unidades, a startup faz a ponte com o Grupo YMK que apresenta o imóvel e os valores, inicialmente online. A escolha por esses dois países se dá pelos mais variados motivos. Só em Portugal, o número de brasileiros aumentou 43% em um ano, passando de 105.423 em 2018 para 150.854, em 2019.

LEIA MAIS: EXCLUSIVO: Apto tem faturamento 43% maior em julho e agosto

Vendas nos canais digitais da Riachuelo crescem 380% no terceiro trimestre

Em um cenário desafiador devido aos impactos da pandemia, o Grupo Guararapes investiu na proposta de valor ao cliente por meio de uma melhor experiência de compra. Reflexo desses esforços foi a conquista de um crescimento de 380% nas vendas por meio dos canais digitais da Riachuelo e um aumento de 33% do ticket médio no terceiro trimestre, mesmo com todas as lojas físicas reabertas a partir de agosto. Para atingir esse patamar e seguir avançando a companhia conta que mantém em ritmo acelerado a transformação digital do grupo. Com a integração sistêmica de 100% dos estoques (Ship from Store), todas as lojas do grupo já operam com o Retire Rápido (compra online e retirada de produto em até quatro horas), vendas pelo WhatsApp, PDV Mobile e prateleira infinita (e-store) promovendo comodidade e aumento da variedade aos clientes. No período, 19% das vendas nos canais digitais passaram pelas lojas e, só em outubro, esse percentual foi de 44%, indicando uma aceleração da operação omnichannel. O RCHLOVERS que transformou os colaboradores da companhia em promotores de venda será disponibilizado para qualquer pessoa ou parceiro que queira empreender a criando sua própria e-store até o final de novembro. De janeiro a setembro de 2020, os investimentos do grupo em ativos fixos totalizaram R$ 247 milhões ante R$ 230 milhões relativos ao mesmo período de 2019. Do montante investido, R$ 227 milhões (92%) foram destinados à Riachuelo e Midway, sendo R$ 183 milhões para infraestrutura de TI e R$ 18,8 milhões alocados em lojas novas.

****
RECONHECIMENTOS & PREMIAÇÕES

Divulgadas as startups contempladas no Facebook Accelerator

O Facebook anunciou que, das 36 startups que farão parte do programa Facebook Accelerator, 10 são brasileiras. São elass: Kyte, Bling, Digitalk, MarketUp, Olist, OmniChat, Plugg.to, ShowKase, Unbox e VendaMaisM. “Os três produtos principais da empresa – Facebook, Instagram e Whatsapp – são fundamentais na nova forma de fazer comércio que está se espalhando pelo mundo, então essa será uma ótima oportunidade de fazer novas parcerias e integrações com suas ferramentas”, comenta Guilherme Hernandez, CEO da Kyte. As startups escolhidas para o programa de três meses contarão com treinamento prático, mentorias individuais com funcionários da rede social, acesso a produtos e tecnologias e conexão com uma rede global de especialistas e líderes do setor.

Cor.Sync Point of Car é a vencedora do Empreenda Saúde 2020

A fundação everis, instituição que apoia e promove o empreendedorismo por meio de atividades em diferentes esferas da sociedade, anunciou nesta semana que a Cor.Sync Point of Care venceu o Prêmio Empreenda Saúde 2020. A startup foi escolhida entre mais de 460 inscritas e concorreu na final com as soluções ArchiMotu, ART – augmented reality therapy, E-lastic Fit, Hilab e VITA. A empresa é dona de uma solução completa para diagnóstico rápido e preciso de infarto, idealizada para ser usada no atendimento de emergência hospitalar. Trata-se de um dispositivo de mesa, que traz resultados de troponina com precisão laboratorial em menos de 10 minutos, além de uma plataforma de auxílio à decisão clínica. Além de R$ 50 mil, a startup terá direito a um pacote de serviços de mentoring e a participar da etapa final da iniciativa global, concorrendo a mais € 60 mil.

The Insight vence desafios da Petrobras e Vale

Especializada em inteligência artificial para o mercado de petróleo e gás, a startup catarinense The Insight foi a vencedora do Desafio Conexões para Inovação, realizado pela Petrobras em parceria com o Sebrae. O programa, que já consumiu investimentos de R$ 10 milhões, registrou a participação de 350 empresas. Pra completar a boa fase, a startup também ganhou o desafio da Vale, promovido em parceria com Mining Hub. Neste caso, a empresa desenvolveu uma solução para área de portos da mineradora, graças à uma parceria com a BR2W, empresa de tecnologia especializada em IoT, e da PUR, fabricante de raspadores para o mercado de minério.

Amazon, Netshoes e Dafiti são os e-commerces com as melhores experiências

Levantamento realizado pela SoluCX, empresa especializada em pesquisa de satisfação e NPS, revelou quais são os e-commerces com as melhores avaliações e recomendações durante o período de isolamento. “Em uma nota de 0 a 10, quanto você recomendaria esse serviço para um amigo?” foi a pergunta feita para medir a qualidade da experiência entre a marca e o cliente. Os resultados indicaram que Amazon (74,6), Netshoes (70,3), Dafiti (67,6), Magazine Luiza (66,2), Mercado Livre (66), Zattini (65,8), Centauro (65), Saraiva (64,6), Lojas Americanas (63,2) e Fast Shop (63,2) foram as Top 10 entre as plataformas de revenda de produtos. A característica melhor avaliada foi a qualidade do produto adquirido, com 94,7% de aprovação, seguido pelo acompanhamento de pedido (92,3%) e canais digitais (91,6%). Já as piores avaliações foram o custo-benefício, com 15,4% de desaprovação, seguido de prazo de entrega (14,9%) e atendimento (10,3%). Porém, quando o termômetro é a popularidade entre os consumidores, empresas como a Lojas Americanas (91,2%), Mercado Livre (90,5%), Magazine Luiza (80,5%), Casas Bahia (80,2%), Netshoes (71,3%), Submarino (71,1%), Saraiva (65%), Ponto Frio (64,2%), Amazon (63%) e Carrefour (62,2%) foram apontadas como as dez marcas mais citadas.

****
TECNOLOGIA DO BEM

Pesquisa identifica hábitos de acessibilidade e navegação na internet de PCDs

A everis, consultoria de negócios e TI do Grupo NTT Data, acaba de concluir a segunda edição da pesquisa brasileira sobre o uso de leitores de tela por pessoas com deficiências. O objetivo da iniciativa foi conhecer os hábitos dos brasileiros com deficiência física, intelectual, visual e auditiva ao usarem leitores de telas de computadores, tablets e celulares para acesso aos mais diversos softwares e aplicativos mobile, e, consequentemente, como as empresas podem desenvolver soluções mais acessíveis a este público. Os resultados indicaram que a maioria das pessoas com necessidades especiais entrevistadas (74,5%) consideram a internet acessível – mais do que os 65% da primeira edição do levantamento. Ao questionar os entrevistados sobre o leitor de tela para desktop de sua preferência, a maioria informou preferir utilizar o NVDA (76,6%), seguido pelo JAWS, com 10,8%. Entre os navegadores de celulares e tablets, o mais usado é o TalkBack com Chrome, apontado por 45% dos participantes, enquanto 27,9% usam o VoiceOver com Safari. Em suas incursões pela internet na procura por informações, a maioria afirma navegar item por item (39,6%), seguida por aqueles que vão pelos cabeçalhos (27,9%) e por links (24,4%). A pesquisa verificou também que 44,7% dos entrevistados preferem acessar a internet pelo computador ou notebook, 31,4% pelo tablet ou celular e 23,9% não têm preferência. De acordo com o último censo do IBGE, existem cerca de 23,9% pessoas (45.606.048) que sofrem com alguma deficiência no Brasil, sendo que, deste total, 8,2% têm condições limitantes severas. A deficiência com maior incidência entre os brasileiros é a visual (18,8%), seguida por auditiva (5,1%), motora (7%) e mental ou intelectual (1,4%).

TIM cria teclado consciente contra o preconceito

A operadora de telefonia TIM anunciou um aplicativo que alerta os usuários sobre o uso de palavras preconceituosas, explica a origem dos termos e propõe substituições. O Teclado Consciente TIM é gratuito, de fácil usabilidade e contribui com a desconstrução do racismo estrutural. Para usar o teclado, não precisa ser cliente da operadora: basta baixar o app, que estará disponível gratuitamente para iOS e Android. A ferramenta fica visível no momento em que o usuário digita seus textos em redes sociais ou aplicativos de comunicação, por exemplo, e destaca automaticamente as palavras e expressões consideradas inadequadas. Ao clicar em cima desses termos, o teclado explica por que são considerados racistas e oferece opções para a sua substituição, como se fosse um corretor ortográfico social.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).