Zoom suspende limite de tempo de reuniões durante festas de fim de ano

Guglielmo Mangiapane/Reuters
Guglielmo Mangiapane/Reuters

Aumento do número de casos de Covid-19 força pessoas a se encontrarem com amigos e familiares virtualmente

Família e amigos separados pela pandemia de Covid-19 neste Natal e Ano Novo não terão suas comemorações virtuais no Zoom interrompidas pelo limite de 40 minutos para usuários com contas gratuitas.

A Zoom Video Communications, cuja tecnologia se tornou comum em reuniões familiares no mundo do distanciamento social de 2020, disse que estava removendo esse limite em todo o mundo.

LEIA TAMBÉM: Microsoft Teams desafia Zoom com conferências gratuitas sem limite de duração

A pandemia de coronavírus está quebrando recordes em todo o mundo nas últimas semanas, forçando muitas pessoas a ficar em casa e planejar encontros com amigos e familiares pela internet.

“Seja celebrando o último dia de Hanukkah, o Natal, comemorando o Ano Novo ou os últimos dias do Kwanzaa, aqueles que se conectam com amigos e família não serão interrompidos”, disse um porta-voz da Zoom.

O Google Meet, da Alphabet, já disse que os usuários com contas gratuitas não teriam que limitar as conversas a 60 minutos até março.

O Teams, da Microsoft e o Webex da Cisco, que também viram um salto no uso durante a pandemia, até agora não anunciaram nenhuma medida relacionada aos limites de tempo das plataformas. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).