Saiba quanto custa explorar Marte

Divulgação/Nasa
Divulgação/Nasa

A Nasa estima gastar cerca de US$ 2,7 bilhões no projeto Perseverance

Na última quinta-feira (18), a sonda científica Perseverance, da Agência Aeroespacial dos Estados Unidos (Nasa), maior laboratório de astrobiologia já enviado a outro planeta, cortou a atmosfera de Marte e pousou em segurança na superfície de uma vasta cratera, em sua primeira parada em busca por traços de vida microbiana no planeta vermelho.

Depois de uma viagem de 470 milhões de quilômetros, o rover tem agora a missão de examinar diferentes tipos de rochas, como argilas e carbonatos, para determinar se há traços de vida microbiana. O veículo é equipado com uma série de instrumentos científicos, incluindo um drone de helicóptero batizado de Ingenuity, programado para tentar voar pela primeira vez fora da Terra.

Siga todas as novidades do Forbes Tech no Telegram

Mas explorar o planeta vermelho é um empreendimento muito caro. Todas as missões anteriores à Marte custaram bilhões de dólares, e com a Perseverance não é diferente. A Nasa estima gastar cerca de US$ 2,7 bilhões no projeto, de acordo com um levantamento feito pela The Planetary Society, organização não governamental norte-americana dedicada a defender diversos projetos de pesquisa relacionados à astronomia, ciências planetárias e exploração espacial. E esse valor ainda deve subir para US$ 2,9 bilhões quando os ajustes de inflação forem incluídos no final da vida útil do equipamento.

A espaçonave é a responsável pela maior parte do financiamento – US$ 2,2 bilhões –, enquanto os serviços de lançamento do foguete Atlas V chegaram a US$ 243 milhões. A estimativa é que os dois anos de operações da missão principal custem mais US$ 200 milhões. Apesar do preço aparentemente alto, a Perseverance é apenas a sétima nave mais cara da história do programa de exploração planetária da Nasa e a terceira quando o destino é Marte. Ela está atrás do Viking 1 e 2, de 1975, e da Curiosity, de 2011, que experimentou um aumento de custos após perder sua janela no lançamento original. Os projetos são as missões mais caras até hoje para Marte já realizadas pela Nasa.

Arte Forbes

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).