Como um app de identificação digital pode facilitar o passaporte de vacinação

Airside Mobile oferece uma solução simplificada, por biometria, que contempla o panorama geral e evita a necessidade de múltiplos aplicativos.

Suzanne Rowan Kelleher
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Para os viajantes, a beleza deste aplicativo é que ele permite que você gerencie com segurança muito mais do que registros relacionados à saúde

Acessibilidade


Com dezenas soluções de passaporte de vacina em funcionamento em todo o mundo, é possível que, nos próximos meses, um viajante seja solicitado a baixar aplicativos diferentes para provar seu status de vacinação contra a Covid-19 em vários pontos durante uma única viagem.

Muitos países e companhias aéreas estão desenvolvendo seus próprios aplicativos de smartphone para permitir que os viajantes vacinados evitem a quarentena e os testes obrigatórios. No entanto, tem havido pouca coordenação internacional sobre como implementar passaportes de vacinas, deixando uma série potencialmente complicada de downloads digitais para os viajantes.

Siga todas as novidades do Forbes Tech no Telegram

“A necessidade é absolutamente urgente”, diz Amena Ali, CEO da empresa inovadora de identidade digital Airside Mobile. “E, honestamente, há muito barulho no mercado agora”, completa.

Embora a Airside Mobile seja mais conhecida por seu aplicativo Mobile Passport, que permite que os viajantes que entram nos Estados Unidos naveguem por vias rápidas designadas na alfândega e na imigração, um aplicativo mais recente pode se tornar um download ainda mais essencial.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Como resultado de uma recente parceria com a portuguesa Vision-Box, líder global em soluções de gerenciamento de viagens por  biometria, o aplicativo Digital Identity & Health Passport da Airside agora integra a Orchestra, plataforma de gerenciamento de ID da Vision-Box.

Para os viajantes, a beleza deste aplicativo é que ele permite que você gerencie com segurança muito mais do que registros relacionados à saúde. Você pode adicionar com segurança uma série de credenciais de identidade verificadas – passaporte, carteira de motorista, registro de vacinação da Covid, resultados de testes e muito mais – ao seu dispositivo móvel usando a verificação de fonte biométrica baseada em IA da Vision-Box.

“Os viajantes baixam o aplicativo Airside, identificam-se e fornecem um consentimento de privacidade único, e então a Vision-Box pega o bastão”, diz Ali. O lado positivo dessa parceria é que os usuários podem controlar não apenas com quem desejam compartilhar suas informações, mas por quanto tempo. Os dados pessoais não podem ser acessados ​​por ninguém, exceto o viajante e as organizações com consentimento com prazo determinado.

Por exemplo, você pode dar a uma companhia aérea acesso à sua carteira de motorista ou registro de vacina apenas pelo tempo necessário para fazer o check-in em um voo. Você pode fornecer a um hotel informações de identificação apenas durante a sua estadia, ou fornecer a uma linha de cruzeiro acesso a dados de identificação e saúde apenas até você deixar o navio.

Aplicativos de identificação digital e aplicativos de dados de saúde são simplesmente uma alternativa aos sistemas de papel antigos, diz Miguel Leitmann, CEO da Vision-Box. “Você sempre pode ter seu teste de Covid impresso em seu bolso e mostrá-lo na fila. Ou você pode ignorar todas as filas e ter um processo automatizado onde concorda em compartilhar informações, mesmo se você só quiser fazer isso no dia a dia.”

A vantagem para companhias aéreas, cruzeiros, hotéis e outros negócios de viagens é que o aplicativo da Airside armazena informações apenas no dispositivo criptografado do viajante. Isso reduz os custos e a responsabilidade das empresas que podem ter armazenado dados confidenciais em bancos de dados isolados.

Nas últimas semanas, vários países – especialmente na Europa – abraçaram a ideia de passaportes para vacinas. Ursula von der Leyen, presidente da Comissão da União Europeia, disse que um certificado de vacinação comum estabelecido pela UE deveria ser uma “exigência médica”, enquanto o ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair chamou os passaportes de vacina de “inevitáveis”.

O governo dos Estados Unidos ainda não indicou apoio para um passaporte de vacina, mas há sinais de que o novo governo está ponderando sobre isso. Em seu primeiro dia completo no cargo, o presidente Biden revelou sua estratégia nacional de pandemia de 200 páginas  com sete metas destinadas a acabar com a Covid-19.  Há uma diretiva para várias agências governamentais trabalharem juntas para “avaliar a viabilidade” de vincular as vacinas da Covid-19 aos certificados de vacinação internacionais e produzir versões eletrônicas deles.

Dada a dificuldade que o mundo experimentou em controlar o coronavírus e suas cepas variantes, Leitmann acredita que é importante para as partes interessadas em todo o mundo encontrar uma solução de longo prazo para os viajantes – não apenas para esta pandemia, mas para as inevitáveis ​​futuras.

“Acho que precisamos nos acostumar com esse tipo de cenário acontecendo muitas vezes, senão para sempre”, finaliza.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: