Mercado de RA deve atingir US$ 124,4 bi em 2023, Mercedes-Benz, Amazon & Muito Mais

Veja as novidades de tecnologia, inovação e transformação digital.

Redação
Compartilhe esta publicação:

TENDÊNCIA INTERNACIONAIS

Acessibilidade


Mercado de realidade aumentada, virtual e mista deve atingir US$ 124,4 bi em 2023

Nos últimos anos, a realidade aumentada (RA) e a realidade virtual (RV) se tornaram uma das maiores tendências da tecnologia, com milhões de usuários tanto no setor de consumo quanto no empresarial. De videogames ao suporte de funções críticas de negócios, os aplicativos de RA e RV  encontraram seu uso em diferentes mercados. E este mercado, que inclui também a realidade mista (RM), deve continuar crescendo até atingir US$ 124,4 bilhões em 2023, um aumento de 305% em dois anos, de acordo com os dados apresentados pela Buy Actions.

O crescente mercado de computação de ponta e a conectividade 5G tornaram a tecnologia muito mais viável, permitindo que os usuários tenham acesso a uma nova geração de aplicativos de realidade aumentada. Em 2021, o mercado global de RA, RV e RM deve atingir US$ 30,7 bilhões, segundo uma pesquisa do Boston Consulting Group. No ano seguinte, esse valor pode saltar para US$ 58,7 bilhões. No entanto, espera-se que os próximos anos testemunhem um crescimento ainda mais impressionante no uso dessas tecnologias. Em 2023, o mercado unificado deve crescer mais US$ 65,7 bilhões. Em 2025, espera-se que o valor de mercado suba para quase US$ 300 bilhões.

***

TENDÊNCIAS NA AMÉRICA LATINA

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Mais da metade das empresas latinoamericanas tem departamentos de TI dedicados

A “Pesquisa Global de Riscos de Segurança de TI Corporativos”, da Kaspersky, analisou o perfil do departamento de segurança de companhias localizadas em diversas regiões do mundo. Os resultados apontam que mais da metade das empresas (51%) da América Latina disseram que a cibersegurança é gerenciada por departamentos ou profissionais dedicados, atrás apenas do Japão (65%) e da região do Oriente Médio-África (58%).

No entanto, quando se trata de estruturas mais avançadas de cibersegurança, com a existência de um SOC (Centro Operacional de Segurança) interno, responsável pelo monitoramento contínuo e resposta a incidentes de segurança, a região cai para a 5a posição, com apenas 14% das empresas com este tipo de estrutura. Em relação aos times especializados, apenas 21% das companhias latino-americanas contam com equipes de inteligência de ameaças e 15%, com analistas de malware.

O estudo da companhia de cibersegurança também aponta que 78% das empresas na América Latina esperam que seus investimentos em TI cresçam nos próximos três anos.

***

TENDÊNCIAS NACIONAIS

E-commerce pode crescer 57% até 2024 no Brasil

O estudo “The Global Payments Report 2021”, conduzido pela Worldpay from FIS, empresa especializada em tecnologia de pagamentos, mapeou as principais tendências em pagamentos em 41 países, incluindo o Brasil. O levantamento traz dados sobre as tendências globais para o e-commerce, que foram aceleradas em função da pandemia e impulsionaram o crescimento do comércio digital ao redor do mundo.

O relatório revela que, no Brasil, o setor aumentou 22% em 2020, o crescimento mais rápido dos últimos cinco anos, e deve crescer 12% anualmente até 2024. Os resultados indicam também que os métodos de pagamento online mais populares no ano passado foram os cartões de crédito (43%) e as carteiras digitais (17%), e que o mobile é a área de crescimento mais rápido no país, com projeção de aumentar 17% ao ano até 2024.

O estudo da FIS também prevê que as carteiras digitais devem ser o método de pagamento de crescimento mais rápido nos próximos quatro anos, aumentando 24% anualmente. No mesmo período, a expectativa é que o dinheiro como forma de pagamento caia 9% ao ano e perca 15% da participação geral no mercado de compras off-line.

65% dos brasileiros estão mais propensos a abrir uma conta bancária de forma online

A FICO, especializada em examinar dados e aplicar inteligência artificial e machine learning para prever o comportamento do consumidor, realizou um estudo em 14 países – incluindo o Brasil – sobre as mudanças causadas pela Covid-19 na relação entre consumidores e bancos. A pesquisa indicou que a pandemia acelerou a transformação digital da população, sendo que 65% dos brasileiros estão mais dispostos a abrir uma conta bancária de forma online em comparação a 2020.

Dos 14 países, o Brasil é o que indicou a maior preferência pelos aplicativos em vez dos sites dos bancos na hora de abrir uma conta: 43% contra 22%. Além disso, 36% afirmam que hoje possuem menos intenção de abrir uma conta em uma agência do que há um ano.

Quando questionados sobre por que as instituições financeiras precisam verificar a identidade do usuário, o estudo mostrou que 76% dos consumidores brasileiros afirmam que é para sua própria proteção, 65% para a segurança do banco e 25% porque a empresa tem a obrigação legal de adotar essa medida.

Mercado de wearables explode em 2020 e deve seguir crescendo em 2021

No ano passado, foram vendidos 1.394.857 fitbands e smart watches em território nacional, segundo dados da IDC Brasil, empresa de inteligência de mercado, serviços de consultoria e eventos. Os valores representam uma alta de 81% em relação a 2019. A empresa revela também que, no mesmo ano, foram vendidos 569.781 fones de ouvido truly wireless com conexão à internet ou função inteligente, alta de 284% em relação ao mesmo período do ano anterior. Somando as duas categorias, a receita foi de mais de R$ 2 milhões.

A IDC Brasil constatou que, no primeiro trimestre de 2020, foram comercializados mais de 300 mil relógios inteligentes e pulseiras e 100 mil fones de ouvido truly wireless, números que indicavam um crescimento, ano a ano, de 266% e 312%, respectivamente. No quarto trimestre, as vendas de fones de ouvido experimentaram uma alta de 246%, com mais de 200 mil produtos comercializados.

Em 2021, a expectativa é que fitbands, smart watches e fones de ouvido truly wireless continuem em forte crescimento. A projeção da IDC é de vendas de mais de 2 milhões de unidades de pulseiras e relógios inteligentes e de quase 1 milhão de fones de ouvido sem fio e com integração a outros dispositivos.

Falta de pessoal qualificado é o maior obstáculo para inclusão digital dos pequenos negócios

Para 55% dos donos de pequenos negócios que ainda não entraram no mundo digital, a maior dificuldade é a falta de funcionários com habilidades e conhecimentos na área.  Apesar deste obstáculo, entretanto, a maioria dos empreendedores (76%) que ainda não digitalizou suas empresas pretende começar a efetuar vendas por meio da internet e aplicativos nos próximos seis meses.

Os dados foram revelados por uma pesquisa do Sebrae em parceria com a Unctad (Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento) e a Cepal (Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe). Os resultados apontam que quase 91% dos 1.205 entrevistados já tiveram acesso aos benefícios do mundo digital e 85% destacaram que o uso da internet e aplicativos melhorou a situação de suas empresas.

O estudo revelou, ainda, que as empresas de pequeno porte têm a maior proporção de representantes que já contam com acesso aos benefícios do mundo digital – 92,2%. Em relação ao segmento de atividade, o setor de serviços lidera com 91,9% das empresas já inseridas. O setor com menor índice de digitalização é o de construção, com 81,8%.

***

O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

Ministério Público de SC sinaliza expansão do Laboratório de Dados

Ao reconhecer o impacto do uso de BI (business intelligence) e a importância da inovação no setor público, o MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) anunciou, com exclusividade à Forbes Brasil, que está ampliando seu Laboratório de Dados por meio da Qlik, uma plataforma de nuvem de análise e integração de dados distribuída pelo Grupo Toccato. “A solução é o alicerce do laboratório. Toda nossa estrutura é feita com base em BI: instituições externas, construção de dashboards, automatização de relatórios, disponibilização dos dados do nosso portal, entre outros pontos”, explica Fernando Augusto Schmitz, chefe de inteligência de negócios do MPSC. Mais de 700 usuários já possuem acesso à ferramenta, mas a expectativa da instituição é que esse alcance seja expandido.

Carrefour inaugura lojas totalmente autônomas

Divulgação

Alinhado às suas estratégias de ominicanalidade e inovação, o Carrefour acaba de anunciar suas primeiras lojas totalmente autônomas no Brasil: no espaço Co.W, no bairro Brooklin, em São Paulo, e no condomínio residencial Domo Life e Prime, em São Bernardo do Campo. Com o celular, o cliente consegue liberar sua entrada nas unidades pelo aplicativo Meu Carrefour, escanear os produtos que deseja comprar e colocá-los no carrinho virtual. O pagamento é feito diretamente pelo app e, em caso de dúvidas, o cliente tem suporte em tempo real via Whatsapp. A tecnologia oferece autonomia, comodidade e agilidade aos clientes, eliminando o tempo de espera em filas e contribuindo para as diretrizes de distanciamento social.

Mercedes-Benz Vans fecha parceria com startup de drones

Divulgação

A Mercedes-Benz Vans anunciou recentemente sua parceria no Brasil com a Speedbird Aero, empresa pioneira no desenvolvimento e operação de sistemas aéreos não tripulados, para realizar o transporte e entrega de produtos, tendo como base móvel da operação a Sprinter Furgão. O acordo consiste em converter os veículos deste modelo em bases móveis denominadas droneports para as operações da Speedbird Aero, o que permitirá uma integração completa do modal aéreo não tripulado com o terrestre.

Banco Santander aposta em assistente virtual baseada em IA

A empresa de tecnologia Globality e a Aquanima, do Grupo Santander, lançaram uma parceria para uso da plataforma Smart “Glo” Sourcing nos 14 países onde opera – incluindo o Brasil. A ferramenta utiliza inteligência artificial para automatizar a geração de demanda, identificação de fornecedores, avaliação de propostas e processos de declaração de trabalho. Os usuários do Banco Santander poderão utilizar a Glo e sua tecnologia de processamento de linguagem natural para buscar os melhores fornecedores para serviços financeiros, jurídicos, imobiliários, de consultoria, marketing e TI.

Claro, Embratel e Amazon criam parceria para acelerar aplicações na nuvem

A Claro, a Embratel e a Amazon Web Services anunciaram recentemente um acordo para a geração de novas oportunidades de negócios e aceleração do uso de aplicações baseadas em nuvem. A aposta é apoiar da melhor forma os clientes da telefônicas, sejam elas do governo ou privadas, de todos os portes e segmentos que também estiverem iniciando ou aprimorando suas jornadas para adoção estratégica da nuvem. Além da implementação de um centro de excelência de cloud e da atuação conjunta para acelerar o mercado de aplicações em nuvem, a integração de novas soluções da AWS no portfólio da Claro e da Embratel também envolve a adoção do AWS Outposts, serviço gerenciado de computação e armazenamento.

Onii expande operações para Estados Unidos, Portugal e Chile

A Onii, empresa brasileira que une diversas tecnologias para transformar qualquer loja em uma operação autônoma, iniciou seu processo de internacionalização com o objetivo de chegar a 500 estabelecimentos abertos até o final do ano. A expectativa é abrir 11 lojas nos Estados Unidos, três em Portugal e ampliar as três inauguradas no Chile. No Brasil, a startup iniciou 2020 com apenas uma unidade e terminou com 93. Até o momento, a empresa já ultrapassou a marca de 100 lojas.

Tivit cria colaboradora virtual hiper-realista

Divulgação

A Tivit, multinacional brasileira de tecnologia, apresentou ao mercado a nova versão da IVI Virtual Employee, uma solução conversacional com inteligência artificial e processamento de linguagem natural para atendimento e automação de processos. A assistente hiper-realista é capaz de executar tarefas e automatizar processos por meio de seu ecossistema de automação, aprendizado de máquina e processamento de linguagem natural em seis idiomas. Para o atendimento ao cliente, a tecnologia oferece integração a outros serviços de mensagens e interfaces de voz, como Alexa e Google Assistente, além de sistemas de ERP, CRM e Internet das Coisas.

Nion investe R$ 1,2 milhão em insurtech catarinense 

A Nion Network continua avaliando oportunidades de aquisição de empresas com potencial para otimizar o mercado de seguros na América Latina. Nesta semana, a companhia anunciou a compra da Bria, por R$ 1,2 milhão, em uma negociação que contou também com a aquisição do capital intelectual da empresa, uma multinacional com forte network nos principais países da América do Norte e Europa. Segundo Thiago Soares, CEO Latam da Nion Network, a expectativa é de que, em até três anos, a Bria atinja uma avaliação de US$ 10 milhões.

BR Angels fecha parceria com a Learning Village

Com o objetivo de fomentar o empreendedorismo e fortalecer o ecossistema de startups no Brasil, o BR Angels Smart Network, associação de investimento anjo composta por executivos C-Level, anunciou uma parceria com o Learning Village, hub de inovação focado em educação criado pela SingularityU Brazil e HSM. Com isso, o BR Angels passa a apoiar as startups que compõem o projeto com mentorias dos seus mais de 100 associados, que incluem empreendedores e CEOS de mercados de alta gestão, recursos humanos, finanças, vendas, marketing e tecnologia.

Questtonó junta-se à Manyone para expansão global

Impulsionada pela cultura da agilidade e pela crença no poder transformador do design, a Questtonó, consultoria de inovação que atua em um ambiente híbrido de estratégia e design, anunciou a fusão com a dinamarquesa Manyone, ampliando o mercado de atuação e globalizando a missão de ajudar as empresas a crescer e se desenvolver por meio de inovação, estratégia e soluções integradas de design. A Questtonó, que passará a se chamar Questtonó Manyone, terá uma equipe multidisciplinar para trabalhar os diferentes desafios globais para moldar um futuro mais humano, junto com marcas e empresas de diferentes verticais, como mobilidade, bens de consumo, financeiro, saúde e tecnologia.

Zoho expande atividades e inicia operações no Brasil

A Zoho, empresa global que oferece um conjunto de aplicativos de software de negócios, está comemorando seu 25º aniversário com o compromisso de abrir 100 novos escritórios em todo o mundo nos próximos três anos para atender seus mais de 62 milhões de usuários em todo o mundo. Com a expansão, a empresa vai iniciar suas operações no Brasil, em um escritório sediado em Florianópolis (SC). A decisão pelo local foi estratégica e levou em consideração o crescimento da região como polo de tecnologia. 

OrthoDontic reduz custos em 85% com a adoção de chatbots

A inovação tecnológica permitiu que a OrthoDontic, empresa especializada em ortodontia, reduzisse em 85% os custos com atendimento na rede e tornasse o contato com os clientes mais rápido e efetivo. Com a implementação do chatbot, a empresa triplicou o atendimento diário, que passou de 600 no processo manual para cerca de 1.600 com a inteligência artificial. A fila de espera, que antes podia levar até 1h30, passou a ser instantânea em todos os horários, inclusive aos finais de semana. O chatbot foi desenvolvido pela equipe de TI e marketing da OrthoDontic, e o valor investido até o momento foi de cerca de R$ 1 milhão.

Vórtx anuncia aquisição da Simplific Pavarini

A Vórtx, fintech de infraestrutura para o mercado financeiro, anunciou a aquisição do controle da Simplific Pavarini, que atua na prestação de serviços fiduciários em emissões de dívidas, CRI, CRA e outras funcionalidades com foco em Corporate Trust. Com a aquisição, a Vórtx passa a ter mais de R$ 300 bilhões em ativos sob custódia em sua carteira e aproximadamente 2.000 séries. A fintech, que acaba de receber um aporte de R$ 190 milhões do FTV Capital, tem como foco revolucionar o segmento de infra-estrutura do mercado de capitais através da tecnologia e vê na aquisição mais um passo para a consolidação de seu portfólio.

***

CAPTAÇÃO

Vhsys recebe novo aporte da Stone

Divulgação

A vhsys, startup que desenvolveu uma plataforma de gestão simples e descomplicada para micro e pequenas empresas, acaba de anunciar que recebeu um novo aporte da Stone, o segundo desde 2019. O investimento faz parte da rodada Série B e é fruto do crescimento da vhsys que, ano passado, foi de 35% na base de clientes e de 127% no número de micro e pequenos negócios que passaram a usar a loja virtual. Os recursos serão utilizados para ampliar a quantidade de clientes, o time de desenvolvimento e o número de colaboradores, que deve passar de 200 para 400 até o final do ano. O valor do aporte não foi divulgado.

CSU adquire participação no Fitbank em nova rodada de captação

A CSU, especializada em soluções tecnológicas de última geração para meios de pagamento, customer experience e fidelização de clientes, anunciou investimentos de R$ 10 milhões no FitBank, fintech provedora de infraestrutura de meios de pagamento e Core Banking as a Service. A nova rodada contou também com a participação dos antigos acionistas com um aporte de R$ 20 milhões, totalizando uma rodada de R$ 30 milhões. Com isso, a startup se consolida como player relevante do novo modelo de infraestrutura bancária e financeira no Brasil e acelera a expansão internacional.

***

CRESCIMENTO

Dootax cresce 100% no período de crise 

Divulgação

A Dootax, especializada em soluções de robotização para facilitar as rotinas fiscais das empresas, anunciou, com exclusividade à Forbes Brasil, que cresceu 100% em 2020, e fechou o ano com um faturamento de R$ 8 milhões. Com o objetivo de simplificar as tarefas manuais, burocráticas e repetitivas, a startup aproveitou a necessidade de transformação digital das companhias em tempos de pandemia para realizar a automação das atividades de mais de 200 grupos econômicos, incluindo a varejista Magazine Luiza. A startup oferece soluções de pagamento de tributos, caixa postal fiscal e gestão de certidões.

Nextcode registra crescimento de 700% em 2020

Responsável pela validação cadastral por meio de análise das informações de documentos, a Nextcode registrou um crescimento de 700% em 2020. A empresa também anunciou a chegada de dois novos sócios: Caio Delgado, especialista em análise e desenvolvimento de sistemas, e Cleber Muramoto, responsável pela área de pesquisa e desenvolvimento. A startup vem adotando tecnologia e inovação para aperfeiçoar e desenvolver novos produtos e serviços que tornem o processo de onboarding digital mais seguro e ágil. Para 2021, a empresa pretende triplicar seu crescimento.

Apto aumenta em 60% sua base de clientes

O Apto, plataforma que conecta potenciais compradores de imóveis a construtoras e empreendimentos em todo o Brasil, registrou um crescimento de 60% da sua base de clientes em relação a janeiro de 2019. No mesmo período, a empresa dobrou o número de funcionários, chegando a 30 colaboradores, e registrou R$ 640 milhões em valor geral de vendas. A startup acompanha o ritmo do mercado imobiliário, que deve crescer cerca de 35% em 2021, segundo a Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias).

Plataforma da Friboi para PMEs alcança 60 mil clientes

Com a missão de democratizar o acesso de pequenos empreendedores do país a uma das maiores empresas de proteína do mundo, a plataforma Friboi Online, que completará um ano de operação em abril, registrou o cadastro de mais de 60 mil PMEs do segmento B2B, tanto do varejo quanto do food service. Desse total, 15% são novos clientes e fizeram a primeira negociação com a companhia por meio do portal. A ferramenta permite pagamento via cartão de crédito, que representa 23% do faturamento comercializado por meio da plataforma, e está disponível 24 horas por dia, sete dias da semana, facilitando a operação dos parceiros nas diferentes regiões do país. 

***

ACELERAÇÃO

Startups entram para programa de aceleração voltado às mulheres 

Cinquenta startups de todas as regiões do Brasil foram selecionadas para participar do Female Scale, programa de aceleração voltado inteiramente a empreendedoras. O projeto foi cocriado pela Distrito em parceria com a B2Mamy, Ambev e a varejista Marisa, e tem como objetivo impulsionar o trabalho realizado por essas mulheres, para que elas possam inspirar e fomentar a participação de outras empreendedoras no mercado. As selecionadas contemplam diversas áreas de atuação no ecossistema de inovação brasileiro, incluindo healthtechs, adtechs martechs, legaltechs, fintechs, cleantechs e edtechs, entre outras. As selecionadas vão participar da primeira etapa do processo, que terá duração de um mês. Nesse período, as empreendedoras terão treinamentos e mentorias com Lara Lemann (Maya Capital), Raquel Corrêa de Souza (Gympass) e Mariana Cunha (Waze), e poderão se conectar com a rede de parceiros da Distrito. As três startups que tiverem melhor desempenho receberão prêmios de R$ 25 mil, R$ 15 mil e R$ 10 mil, além de duas posições nos hubs do Distrito ou da B2Mamy.

Atento expande programa de aceleração de startups

A Atento Next, aceleradora de startups da Atento, empresa especializada em soluções de customer experience, escolheu a Twist, startup de data science que realiza coleta, processamento e análise de dados, para se juntar ao programa de aceleração e agregar soluções inovadoras que melhorem a experiência dos consumidores. A startup contará com o apoio da companhia para a cocriação de projetos que ajudem a potencializar a performance e resultados dos clientes da Atento na monitoria e classificação de perfis de contato das redes sociais, em tempo real. O programa é uma das iniciativas do hub de inovação da Atento para alavancar os processos de inovação e gerar novas linhas de negócio e produtos.

Endeavor divulga resultados de 2020 das empresas aceleradas e apoiadas

Divulgação

A organização de fomento ao empreendedorismo Endeavor divulgou, com exclusividade à Forbes, dados sobre as 308 empresas que participam da rede de apoio ou aceleração da organização. Os empreendimentos tiveram, somados, crescimento de receita de 65%, passando de R$ 9 bilhões, em 2019, para R$ 14,9 bilhões, em 2020. A diretora-geral da Endeavor, Camilla Junqueira, acredita que o crescimento de dois dígitos no faturamento dos negócios apoiados pela organização foi impulsionado pela demanda elevada provocada pela digitalização de negócios no ano passado. “Realizamos mentorias coletivas e individuais para as empresas que fazem parte da nossa rede, mas também tivemos uma grande preocupação com todo o ecossistema”, afirma. “Por isso, disponibilizamos para qualquer empreendedor conteúdos com orientações de como reagir à crise.”

Com atuação no Brasil desde 2000, a Endeavor já acelerou mais de 3.000 negócios por meio de seus dois principais programas, o Empreendedor Endeavor e o Scale-Up Endeavor. Em 2020, 607 empreendedores passaram pelas duas iniciativas e receberam mentorias e acesso à rede de apoio da organização, que conta com corporações parceiras como Ambev, C&A, GPA, brMalls e Nestlé.

Empreendedores criam movimento para acelerar startups

Com o objetivo de minimizar os impactos da Covid-19 em diversos setores da sociedade e ajudar a alavancar soluções inovadoras, um grupo de empresários se uniu para lançar o movimento MOV(-) 19. Idealizado pelo ResumoCast, um dos maiores canais de empreendedorismo do Brasil, o programa visa impulsionar bons negócios e acelerar dez startups que estejam desenvolvendo ideias que possam reduzir os danos da pandemia, por meio de investimento financeiro, apoio emocional e conhecimento técnico. Para isso, a iniciativa está captando doações do público com a meta de arrecadar R$ 1 milhão até o dia 18 de abril. Empresas e investidores podem colaborar.

***

PRÊMIOS E RECONHECIMENTOS

Fintech conquista prêmio internacional por inovar na contabilidade

Divulgação

A ROIT, fintech especializada em desenvolver soluções com inteligência artificial e RPA (Robotic Process Automation) para contabilidade, departamento financeiro, de recursos humanos, BPO (business process outsourcing) e planejamento tributário, recebeu o prêmio de Melhor Empresa da Europe Business Assembly, uma organização não governamental que reúne líderes políticos, empresariais e científicos do mundo todo. A conquista foi graças à Esteira Mágica, que inverte o fluxo tradicional das empresas em contabilizar, apurar tributos e pagar fornecedores. Com a tecnologia, documentos são recepcionados automaticamente, reconhecidos pela IA, extraídos com machine learning, validados fiscalmente, contabilizados, pagos e inseridos no ERP.

Worldline anuncia vencedores de seu programa de inovação aberta

A Worldline, empresa especializada no setor de pagamentos e serviços transacionais, anunciou os vencedores da primeira edição do Outstanding, programa de inovação aberta criado para estimular a colaboração entre startups, fornecedores e clientes do mercado de meios de pagamento. A vencedora foi a PandaPay, com o desenvolvimento de uma carteira digital com tecnologia blockchain exclusiva. Além dela, outras três companhias foram selecionadas: Tiva | Hyppe, Easy Gestor e AkinTec. As startups receberão suporte da rede de apoio global da Worldline, com acesso a mentorias e networking com especialistas do mercado. A PandaPay poderá participar de uma imersão no Zone2Boost, hub de inovação da companhia, em Barcelona, para apresentar sua solução desenvolvida em escala global. 

***

IMPACTO SOCIAL

B2W investe em frota de tuc-tucs elétricos

Divulgação

Com investimentos crescentes em soluções logísticas e práticas que gerem menos impacto no meio ambiente, a B2W Digital – dona das marcas Americanas, Submarino, Shoptime e Sou Barato – vai colocar nas ruas uma frota de 90 tuc-tucs elétricos para entrega de produtos vendidos nas plataformas digitais. Os veículos vão atuar principalmente nas capitais do Sudeste, Sul e Nordeste do país, e permitem transportar de 240 kg a 600 kg de mercadorias, conforme o modelo do veículo. A iniciativa está em linha com a Agenda 2030 da ONU, na qual sociedade, governos e empresas se comprometem a desenvolver os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Organização até 2030.

Fintech neutraliza suas emissões de gases poluentes

A Hash, fintech do setor de meios de pagamento, criou uma iniciativa para neutralizar as emissões de gases do efeito estufa causadas por atividades e deslocamentos da empresa e também de seus funcionários. A neutralização é definida com base em três escopos: emissões diretas,  indiretas e outras emissões indiretas. Para isso, foi necessário calcular o total das emissões de gases do efeito estufa de 2020 gerados pela empresa e definir o que era passível de redução e o que exigia a neutralização por meio da compensação, via compra de créditos de carbono. No total, somando empresa e funcionários, foram adquiridos 363 créditos, que correspondem à mitigação da emissão de 363 toneladas de carbono.

***

TECNOLOGIA DO BEM

GE Healthcare lança streaming para profissionais da saúde

Divulgação

Por conta dos desafios impostos pela pandemia de Covid-19, a GE Healthcare, braço de negócio voltado para o setor da saúde da multinacional GE, tem redesenhado sua operação e digitalizado seus processos. Por meio do programa corporativo OneDigital, a companhia concentrou esforços para levar a experiência dos pavilhões de exposição e estandes para o mundo virtual. Com esse movimento, foi criada uma nova plataforma, o GE LiveRoom, que funciona como um streaming de conteúdo voltado para o profissional da saúde. De forma gratuita, estudantes de medicina e profissionais de saúde podem acessar não só vídeos, artigos, webinars e workshops, mas também realizar um passeio 100% virtual por um estande, onde é possível obter informações sobre os principais equipamentos de medicina diagnóstica da empresa.

Com mais de 195 mil equipamentos instalados no Brasil e uma marca de R$ 1,3 bilhão em negócios realizados no país, a GE Healthcare criou o LiveRoom como forma de contornar a dificuldade de acessar clientes por causa da pandemia, como conta o CEO da GE Healthcare, Rafael Palombini, em entrevista exclusiva à Forbes. “Virtualmente eu consigo oferecer uma carga muito grande de informação e encontro uma nova forma de interagir com o mercado”, diz. “O nosso streaming nos possibilita fazer eventos online, que antes precisavam de um pavilhão para demonstração das máquinas.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: