Open Co recebe aporte de R$ 150 milhões

Divulgação
Divulgação

Sandro Reiss e Rafael Pereira, cofundadores da Open Co: aporte será usada para investir em tecnologia e novos produtos

A Open Co, nome da recém-formada empresa que nasceu da fusão entre as fintechs Geru e Rebel, anunciou na manhã de hoje (24), o recebimento de um aporte de R$ 150 milhões em rodada liderada por IFC e Goldman Sachs, com participação da Raiz Investimentos, Monashees, LTS, Chromo e Sampa.

“Os recursos serão utilizados como combustível para darmos continuidade ao nosso trabalho e vai nos dar a oportunidade de investir ainda mais em tecnologia e novos produtos”, diz Rafael Pereira, cofundador da Open Co.

Siga todas as novidades do Forbes Tech no Telegram
t.me/forbesinsider

Carlos Leiria Pinto, gerente geral da IFC no Brasil, diz que faz parte da estratégia da instituição de desenvolvimento global para o setor financeiro na América Latina e no Caribe apoiar a inclusão financeira, alavancando tecnologias digitais e modelos de negócios inovadores. “Players que estão na liderança desse setor podem desempenhar um papel importante em melhorar o acesso aos serviços financeiros no Brasil. O investimento da IFC vai ajudar a empresa a expandir suas atividades, permitindo uma precificação melhor do crédito, por meio de uma análise do risco mais eficiente. Isso irá promover uma competitividade maior no mercado de crédito sem garantias, que é um dos mais caros no Brasil”, diz.

Até o início de 2021, a Open Co já tinha originado mais de R$ 1,5 bilhão em empréstimos e a previsão é de outro R$ 1 bilhão até o fim do ano. “Queremos garantir que todos os brasileiros tenham acesso a crédito”, diz Sandro Reiss, cofundador da Open Co.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).