Apple revela novo iPad Pro e iMacs mais finos com chips próprios

A Apple aproveita a era de trabalho remoto para se distanciar cada vez mais da Intel e revela novos iPad Pro e iMacs.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

A Apple aproveita a era de trabalho remoto para se distanciar cada vez mais da Intel e revela novos iPad Pro e iMacs

Acessibilidade


A Apple Inc anunciou hoje (20) uma linha de computadores iMac finos e iPads com vídeo de alta qualidade que usam seus próprios processadores, acelerando sua migração para longe da Intel e mirando o trabalho remoto.

A companhia também apresentou uma série de outros produtos, incluindo as AirTags, dispositivos de rastreamento para encontrar itens perdidos, e os serviços de assinatura de podcasts. As AirTags custarão US$ 29 cada, ou quatro por US$ 99, enquanto o iMac terá preço inicial de US$ 1.299. Ambos estarão disponíveis a partir de 30 de abril.

VEJA TAMBÉM: Apple obriga concorrentes a seguirem suas regras com novo sistema operacional

Os computadores iMac mais finos usarão uma unidade de processador central projetada pela Apple e vêm em sete cores, incluindo roxo e verde. Com uma tela de 24 polegadas (61 cm), os iMacs têm apenas 11,5 milímetros de espessura.

Os novos iMacs também apresentam uma câmera frontal de alta qualidade e um conjunto de microfones, respondendo às reclamações dos consumidores durante a pandemia de que as câmeras do computador não acompanharam a qualidade das câmeras de iPhones e iPads da empresa durante uma era de videoconferências.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Apple lançou novos dispositivos iPad Pro que usam o mesmo chip M1 de seus computadores, em vez de uma versão reforçada de seus chips do iPhone, e portas adicionais para conectar monitores e conectividade 5G, direcionando o dispositivo aos criadores de conteúdo que procuram um dispositivo móvel. A empresa também disse que controllers do PlayStation, da Sony, e do Xbox, da Microsoft, funcionarão com o iPad Pro, mirando gamers com a velocidade e tela do novo dispositivo.

A Apple também anunciou serviços de assinatura dentro do Apple Podcasts, que irão competir com o rival Spotify. Os preços das assinaturas serão definidos pelos criadores e cobrados mensalmente. A empresa cobrará dos criadores US$ 19,99 por ano para manter o programa de podcast.

A set-top box Apple TV também foi atualizada, com uma melhor correção de cores e um chip de processador mais rápido. A nova Apple TV 4K também permitirá aos usuários melhorar a imagem de uma TV usando sensores de luz no iPhone.

A Apple disse que cônjuges e parceiros seriam capazes de compartilhar e fundir linhas de crédito com o Apple Card, que o presidente-executivo da empresa, Tim Cook, descreveu como um importante passo para tornar mais fácil para as pessoas construírem suas pontuações de crédito. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no

Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: