Startup de tecnologia para direção autônoma Pony.ai faz parceria com Luminar

VCG/Getty Images
VCG/Getty Images

Parceria da Pony.ai com a fabricante de lidars pretende desenvolver dispositivo com melhor performance

A empresa de tecnologia para direção autônoma Pony.ai, apoiada pela Toyota, disse hoje (10) que a próxima geração de sua tecnologia de táxis autônomos usará sensores do tipo lidars feitos pela Luminar Technologies.

Lidars são sensores que usam laser para detectar objetos à frente e ao redor do veículo, e são um componente-chave de muitos sistemas de direção autônoma.

LEIA TAMBÉM: SpaceX aceitará dogecoin como pagamento para lançar missão lunar no próximo ano

O presidente-executivo da Pony.ai, James Peng, disse que a startup escolheu o lidar Iris da Luminar pelo seu desempenho, mas também porque pode ser integrado ao carro melhor do que os lidars tradicionais.

“Na verdade, estão começando a misturar os limites entre o que você vê como um veículo de passageiros muito bem projetado e as monstruosidades que estiveram no topo de alguns testes de veículos automatizados”, disse Austin Russell, fundador e presidente-executivo da Luminar.

O lidar Iris tem cerca de 10 centímetros de altura, e Peng disse que 4 deles ficarão no topo dos carros, proporcionando uma visão de 360 graus. Ele ainda afirmou que a Pony.ai visa a produção de frotas autônomas em todo o mundo para 2023.

A Pony.ai tem serviços de táxis autônomos em Cantão, Xangai, Pequim, além de Irvine e Fremont na Califórnia, com uma frota de cerca de 200 veículos autônomos. No final do ano passado, a startup levantou US$ 267 milhões a uma avaliação de US$ 5,3 bilhões.

A Luminar, fundada em 2012, é uma das várias fabricantes de lidar dos EUA que, no ano passado, abriram capital por meio de fusões com SPACs. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).