O Mundo dos Unicórnios: Ebanx

 Hiroshi Watanabe/Getty Images
Hiroshi Watanabe/Getty Images

A startup oferece soluções financeiras cross-border e conecta consumidores latino-americanos a empresas globais

A fintech de pagamentos Ebanx nasceu em 2012, em Curitiba (PR), com a promessa de transformar o mercado de negócios e pagamentos. A startup oferece soluções financeiras cross-border e conecta consumidores latino-americanos a empresas globais. 

O primeiro bilhão veio em outubro de 2019, após receber um aporte – de valor não divulgado – do fundo norte-americano de private equity FTV Capital. A notícia foi divulgada pela própria fintech, cujos clientes incluem Uber, Spotify, Airbnb, AliExpress e outros. Com a conquista, o Ebanx tornou-se a primeira startup da região sul do país com uma avaliação de mercado acima de US$ 1 bilhão.

LEIA MAIS: BREAKING NEWS: Com nova captação no horizonte, Ebanx faz mudanças na sua liderança corporativa

Fundada por Alphonse Voigt, Wagner Ruiz e João Del Valle, a fintech possui atualmente um portfólio de serviços que inclui soluções para companhias internacionais venderem online para consumidores latino-americanos, conta digital com cartão pré-pago e ferramenta de rastreio com versões web e app, entre outros. No total, a startup possui mais de 900 ebankers, nome dado aos seus colaboradores.

Em 2021, a empresa direcionou seu foco para a rápida expansão dos produtos para a América Latina. Atualmente, a startup está presente em nove países da região: Brasil, México, Colômbia, Argentina, Chile, Peru, Bolívia, Uruguai e Equador. A meta é chegar a mais seis – Costa Rica, Paraguai, El Salvador, Panamá, Guatemala e República Dominicana – até o final deste semestre.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).