Apple atualizará aparelho mais barato com 5G e descontinuará iPhone Mini

Divulgação/Apple
Divulgação/Apple

O iPhone SE, o de menor custo da Apple, pode chegar ao mercado com conectividade 5G no primeiro semestre de 2022

O aparelho mais barato da Apple vai suportar a tecnologia 5G em sua próxima atualização e o iPhone Mini não será incluído na linha para 2022, informou o japonês Nikkei hoje (21), citando fontes familiarizadas com o assunto.

A empresa começará a vender uma versão 5G do iPhone SE de baixo custo no primeiro semestre de 2022, segundo o Nikkei, acrescentando que o dispositivo será alimentado por seu processador A15 e sua conectividade 5G será habilitada pelo chip de modem da Qualcomm.

LEIA MAIS: Apple prepara mudanças radicais no iPhone 14

As operadoras de telecomunicações têm gastado bilhões de dólares para atualizar suas redes para o 5G para permitir uma internet mais rápida e com melhor cobertura. No entanto, os analistas são céticos quanto ao uso da tecnologia para consumidores individuais e acreditam que ainda virão anos antes que se possa colher os benefícios reais.

Enquanto isso, a demanda pelo iPhone Mini, a versão menor do dispositivo carro-chefe da Apple, foi silenciada, em comparação com seus modelos maiores e mais sofisticados, como os iPhones 12 Pros e o antigo iPhone 11s, já que os usuários preferem dispositivos maiores.

As vendas do iPhone 12 Mini nos Estados Unidos representaram apenas 5% das vendas gerais de seus novos telefones durante a primeira quinzena de janeiro, de acordo com o provedor de dados da indústria Counterpoint.

A Apple não respondeu imediatamente ao pedido de comentário da Reuters. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).