Cibersegurança em apps de relacionamento, Loft, Nuvemshop & Muito Mais

TENDÊNCIAS INTERNACIONAIS

Pesquisa da Kaspersky analisa cibersegurança de apps de encontros

Com o intuito de analisar os avanços e desafios no uso de aplicativos de relacionamento no que diz respeito à segurança online dos usuários, a Kaspersky, empresa global de cibersegurança, decidiu repetir a pesquisa “Investigating the Security of Online Dating Apps”, de 2017. Para isso, a companhia avaliou os aplicativos Tinder, Bumble, OkCupid, Mamba, Pure, Feeld, her, happn e Badoo.

Os resultados mostraram que, do ponto de vista técnico, essas plataformas tornaram-se mais seguras, especialmente em termos de transferência de dados. No entanto, a empresa notou que ainda há um excesso de exposição de informações pessoais dos usuários, que ficam vulneráveis a ciberameaças como a perseguição virtual (stalking) e o doxing (revelação dos dados pessoais). Outra descoberta é que, em 2017, quatro desses aplicativos possibilitavam a interceptação dos dados enviados, enquanto muitos usavam o protocolo HTTP não criptografado. Porém, em 2021, essa situação melhorou significativamente, uma vez que nenhum dos apps analisados utiliza o HTTP, e nenhum dado é enviado quando o protocolo não é seguro.

Siga todas as novidades do Forbes Tech no Telegram

Segundo a Kaspersky, no entanto, ainda existem preocupações em relação à privacidade nos aplicativos de namoro. A maioria deles permite que os usuários façam o cadastro usando uma conta já existente nas redes sociais, como Instagram, Facebook e Spotify. A empresa considera que, com todos esses dados, fica mais fácil encontrar os perfis nas redes – assim como muitas outras informações pessoais. A companhia alerta, ainda, para o compartilhamento da localização em plataformas como happn, Her, Bumble e Tinder, que expõem, em tempo real, onde os usuários estão geograficamente.

Veja, na galeria de fotos a seguir, o que mais aconteceu na última semana no setor de tecnologia e inovação:

  • TENDÊNCIAS INTERNACIONAIS

    Streamings nos EUA devem gerar US$ 8,7 bilhões em 2021

    O número de usuários de serviços de streaming de música nos Estados Unidos deve chegar a 100 milhões em 2021 e gerar a maior receita do mercado global – US$ 8,7 bilhões, aumento de 16,6%, segundo dados apresentados pela Tradingplatforms.com.

    Segundo a empresa, a tendência é que a taxa de penetração do serviço no país ultrapasse a marca de 30% ainda este ano, em comparação a pouco menos de 20% em 2018. A previsão é que a taxa alcance 40% até 2025. Em 2020, essa indústria cresceu 28% em território norte-americano e gerou uma receita global de US$ 7,4 bilhões. Até 2025, estima-se que este valor salte para US$ 12,4 bilhões.

    krisanapongdetraphiphat/Getty Images
  • TENDÊNCIAS NACIONAIS

    Brasileiros preferem fazer a manutenção em vez de comprar celulares novos

    Entre 6 e 12 de junho deste ano, 53% dos brasileiros preferiram buscar locais para realizar a manutenção de seus smartphones, enquanto apenas 11% procuraram um estabelecimento para comprar aparelhos novos. Os dados são do Google Trends, plataforma de pesquisa da Google.

    De acordo com o GetNinjas, plataforma que conecta prestadores de serviços a usuários, houve um aumento de 40% nas solicitações de assistência técnica para produtos eletrônicos como notebooks, celulares e desktops em maio do ano passado. O CEBRAC (Centro Brasileiro de Cursos) observou a mesma tendência. No último ano, o curso de Manutenção de Computadores e Celulares da instituição teve alta de 25% comparado a 2019.

    Marko Geber/Getty Images
  • TENDÊNCIAS NACIONAIS

    Brasil é o maior ecossistema de fintechs da América Latina

    No ano passado, o Brasil se consolidou como um dos grandes ecossistemas de fintechs do mundo, apontou o relatório “2021 Global Fintech Rankings”, produzido pela Findexable em parceria com a Mambu. A pesquisa, feita a partir dos dados consolidados de 2020, revelou que o país alcançou a primeira posição na América Latina, seguido por Uruguai, México, Colômbia, Chile, Argentina e Peru, e subiu cinco posições no ranking global, alcançando a 14ª colocação. O índice é liderado por Estados Unidos, Reino Unido, Israel, Singapura e Suíça.

    Segundo o levantamento, a cidade de São Paulo foi uma das grandes responsáveis pelo sucesso nacional, tornando-se o quarto maior ecossistema de fintechs do mundo no comparativo com outras metrópoles, atrás apenas de São Francisco, Londres e Nova York. No comparativo regional, a capital paulista ficou à frente de Montevidéu, Cidade do México, Bogotá, Buenos Aires e Santiago.

    A pesquisa indicou, ainda, que o número de fintechs unicórnios, com avaliação acima de US$ 1 bilhão, aumentou de 61 em abril de 2020 para 108 em abril de 2021, em nível global. No mesmo período, o montante investido nessas empresas subiu de US$ 199 bilhões para US$ 440 bilhões.

    Hiroshi Watanabe/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Estrela10 inicia operação em cinco países da Europa

    De olho nas oportunidades do mercado internacional, o e-commerce Estrela10 está expandindo as operações para a Espanha, Itália, França, Alemanha e República Tcheca. A informação foi adiantada com exclusividade à Forbes. A empresa, com sede em Marechal Rondon (PR), pretende investir US$ 3 milhões no projeto de internacionalização até o final deste ano, sendo a maior parte do dinheiro destinada ao desenvolvimento de produtos de quatro marcas próprias.

    Desde 2015, a Estrela10 importa mercadorias da China para comercializá-las patenteadas com marcas próprias. No ano passado, foram importados R$ 40 milhões em produtos do país asiático. Este ano, a previsão é aumentar o valor para R$ 100 milhões, com o intuito de abastecer o novo mercado. A expectativa é que a filial europeia responda por cerca de 10% do total do faturamento da companhia em 2021, que, de acordo com o CEO Marcelo Dantas, deve chegar aos R$ 750 milhões. Para 2022, a previsão é chegar a R$ 1 bilhão.

    Yuichiro Chino/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Empresa britânica de cirurgia robótica chega ao Brasil

    A startup global de dispositivos médicos CMR Surgical, com sede no Reino Unido, está trazendo para o Brasil sua tecnologia para cirurgias assistidas por robôs. Batizado de Versius, o aparelho promete maior precisão durante os procedimentos, visão 3D HD, redução do risco de infecções, melhores resultados clínicos e menor tempo de permanência hospitalar com a recuperação mais rápida do paciente, menos complicações e reinternações. A tecnologia está instalada na Rede D’Or São Luiz, em São Paulo, que ganha, com a parceria, um centro de treinamento para capacitação de médicos cirurgiões e suas equipes de todo o Brasil.

    Divulgação
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Nuvemshop investe R$ 55 milhões para expandir operações na América Latina

    A plataforma de e-commerce Nuvemshop anunciou que vai investir R$ 55 milhões para expandir os seus negócios na América Latina. Com o montante, a empresa busca consolidar e ampliar a sua operação no México, iniciada este ano, ampliando o número de colaboradores de 20 para 100 novos funcionários até dezembro de 2022. A empresa pretende, ainda, abrir novos escritórios na Colômbia, ainda em 2021, e no Chile e no Peru até 2022. A iniciativa faz parte do plano de crescimento da companhia após receber o aporte de R$ 500 milhões em março deste ano. A rodada foi liderada pelo fundo Accel Partners.

    Teera Konakan/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    5G chega a 1.662 cidades em todo o mundo

    A cobertura do 5G está se expandindo de forma rápida e global, segundo a pesquisa “The Stage of 5G”, da VIAVI Solutions. O levantamento indica que a nova geração da internet móvel já está presente em 1.662 cidades de 65 países. Pouco mais de 300 cidades de quatro deles – Chipre, Peru, Rússia e Uzbequistão -, viram a chegada do serviço desde o início deste ano. Os lugares com mais cidades atendidas são China (376), Estados Unidos (284), Filipinas (95) e Coreia do Sul (85). A região APAC (Ásia-Pacífico) permanece na liderança, com 641 cidades, seguida pela EMEA (Europa, Oriente Médio e África), com 623. As Américas estão atrás, com 398 cidades. De acordo com o estudo, mais de um terço dos países do mundo agora tem, pelo menos, uma rede 5G ativa.

    zf L/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Garupa lança plano de assinatura para motoristas

    O aplicativo de mobilidade urbana Garupa criou um novo sistema de remuneração para os motoristas da plataforma. A modalidade, disponível inicialmente em Porto Alegre (RS), Santa Maria (RS) e Balneário Camboriú (SC), garante 100% do faturamento das corridas para o garuper em troca de um plano de assinatura de R$ 35 por mês. Qualquer motorista destas cidades com o cadastro aprovado pela plataforma pode aderir ao programa.

    Divulgação/Garupa
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Casai inaugura atividades no Rio de Janeiro

    Dois meses após chegar a São Paulo, a Casai, startup latino-americana de hospedagem inteligente, está expandindo as operações para o Rio de Janeiro, com apartamentos em Copacabana e Ipanema. O lançamento se soma às 100 unidades disponíveis na capital paulista e faz parte do projeto de expansão da proptech pelo país, com investimento inicial de R$ 100 milhões. A companhia oferece apartamentos exclusivos, com funcionalidade smart home, 100% conectados e gerenciados por meio de dispositivos, equipados tanto para estadias curtas como prolongadas.

    Christian Adams/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Nova plataforma Kickante é lançada no Brasil

    A plataforma de crowdfunding Kickante anunciou uma nova ferramenta no Brasil, com design atualizado e novas ferramentas disponíveis. O objetivo é garantir melhores conversões de valores e resultados em captação de recursos, com menor custo. O site oferece também um marketplace financeiro com possibilidade de campanhas de arrecadação com prazo aberto, com a diminuição ou aumento dos dias de captação; e a possibilidade de manter o valor captado em sigilo, evitando assim pressões indesejadas de terceiros e garantindo a segurança do projeto. Além disso, o montante arrecadado pode ser adiantado em conta: não é mais preciso esperar o fim da campanha ou atingir a meta para ter acesso ao dinheiro.

    krisanapong detraphiphat/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Pinterest anuncia Idea Pins no Brasil

    O Pinterest expandiu os Idea Pins para todos os criadores de conteúdo com conta business da Espanha, Itália, Irlanda, Nova Zelândia, Brasil, México, Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Japão, Índia, Indonésia e Suécia. A ferramenta permite a gravação e edição de vídeos para até 20 páginas de conteúdo, narração gravada para que os criadores possam adicionar sua própria voz, seleção de músicas pela plataforma Epidemic Sound, ferramentas de transição em modo fantasma, páginas de detalhes contendo instruções ou ingredientes e elementos interativos como marcação de pessoas e adesivos, entre outros. O recurso tem como objetivo aumentar o engajamento do público e alcance das publicações na plataforma.

    SOPA Images/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Loft aposta em plataforma da Printi para aprimorar experiência de onboarding

    A Loft, unicórnio brasileiro do mercado imobiliário que usa tecnologia para simplificar a venda e compra de imóveis, fechou uma parceria com a Printi para otimizar processos internos e transformar o onboarding da companhia. A proptech contratou a 4Business, plataforma que permite a criação de um e-commerce personalizado, com produtos selecionados e artes pré-definidas pela empresa usuária. No caso da Loft, todos os novos colaboradores podem montar o seu próprio kit de boas-vindas com diferentes opções de camisetas, planners, canecas e squeezes customizados. Desde a implementação da ferramenta, em fevereiro, mais de 400 produtos já foram escolhidos e produzidos.

    Divulgação
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Mindset Ventures integra programa da Globo para atrair startups ao Brasil

    A Mindset Ventures, gestora de venture capital que conecta investidores brasileiros renomados a empresas de tecnologia em estágio inicial dos Estados Unidos e Israel, passou a integrar o Globo Partner Program, iniciativa que tem o objetivo de trazer para o Brasil mediatechs globais que buscam expandir suas operações no mercado latino-americano. A empresa será responsável por indicar startups cujos serviços apresentem sinergias com a emissora, e a Globo buscará parcerias de longo prazo com as startups, com a possibilidade de realizar negócios envolvendo revenue share ou criando eventuais joint ventures.

    Holloway/Getty Images
  • CRESCIMENTO

    Zallpy Digital tem aumento de 40% no faturamento

    A Zallpy Digital, especializada em soluções digitais para empresas, anunciou, com exclusividade à Forbes, que teve um um aumento de 40% no seu faturamento no primeiro semestre de 2021. A companhia tem cerca de 300 colaboradores e conta com clientes multinacionais como BMW, ThyssenKrupp, Engie, Edenred e ADP, entre outros. Com sede em Porto Alegre (RS), a Zallpy tem unidades em Florianópolis (SC) e está presente no Parque Científico e Tecnológico do Pampa, em Alegrete (RS). Para os próximos anos, a empresa planeja focar no mercado internacional global e alcançar um valor estimado de contratos firmados acima dos R$ 200 milhões.

    Divulgação
  • CRESCIMENTO

    SalesFarm cresce 400% em um ano de operação

    Criada em março de 2020 com o objetivo de conectar vendedores a empresas que precisam aumentar e potencializar suas vendas online, a plataforma SalesFarm registrou um crescimento de 400% e mais de 7 mil vendedores em sua base em pouco mais de um ano. Criada por Fábio Oliveira, Marcos Fonseca e Gustavo Mota, a startup ajuda empresas a estruturarem e operarem vendas, garantindo previsão de faturamento, e oferece para profissionais de vendas oportunidades de trabalho remoto, renda e desenvolvimento. “O social selling evoluiu muito e foi reforçado durante a pandemia. Nosso insight ao longo desse primeiro ano é que vendas podem ser um meio muito acessível e democrático para mudar vidas, e esse é o nosso propósito”, comenta Oliveira.

    Busakorn Pongparnit/Getty Images
  • ACELERAÇÃO

    Vedacit Labs apresenta startups escolhidas para o terceiro ciclo de aceleração

    O programa de Inovação Aberta Vedacit Labs anunciou as startups selecionadas para o terceiro ciclo de aceleração. As escolhidas foram Dayback, de Florianópolis (SC), James Tip, de Porto Alegre (RS), e Hoff Soluções, de Sorocaba (SP). Elas receberão um seed money de até R$ 200 mil e mentorias com executivos da Vedacit e líderes do mercado. Além disso, poderão aplicar as provas de conceito em empresas do setor, convidadas para atuarem como padrinhos e madrinhas, validando a solução das startups em quatro meses de aceleração.

    oxygen/Getty Images
  • IMPACTO SOCIAL

    Plataforma busca transformar a empregabilidade no setor de TI

    Criada para reduzir a lacuna entre a oferta e a demanda de talentos no setor de tecnologia, a Modern Talent Hub reúne, em um único portal, as vagas disponíveis no canal de parceiros como a Microsoft e os talentos interessados em preenchê-las. A startup chega com a proposta de cobrir todas as necessidades do processo, oferecendo desde a identificação dos candidatos e das oportunidades de emprego ao recrutamento, seleção, treinamento e certificação oficial. Para Adrián Sánchez, chefe da Modern Talent Hub na América Latina, isso garante uma “significativa economia de tempo e dinheiro para o empregador e, para o talento, uma solução muito mais próxima e conectada com as reais necessidades do mercado”.

    Luis Alvares/Getty Images
  • TECNOLOGIA DO BEM

    Aplicativo combate o desperdício com tecnologia disruptiva

    Criada para conectar estabelecimentos em busca de um destino para produtos próximos da sua data de vencimento e o consumidor, a b4waste oferece a possibilidade de comprar itens que poderiam ir parar no lixo com, no mínimo, 50% de desconto. O aplicativo já conta com a parceria do Mambo, Emporium São Paulo, Natural da Terra, Kopenhagen, Carole Crema, Ofner, Kop, Dengo, Mr. Baker, Santo Grão, Um Coffe Co., Empório Frutaria, L´Occitane e Julice, entre outros.

    Divulgação

TENDÊNCIAS INTERNACIONAIS

Streamings nos EUA devem gerar US$ 8,7 bilhões em 2021

O número de usuários de serviços de streaming de música nos Estados Unidos deve chegar a 100 milhões em 2021 e gerar a maior receita do mercado global – US$ 8,7 bilhões, aumento de 16,6%, segundo dados apresentados pela Tradingplatforms.com.

Segundo a empresa, a tendência é que a taxa de penetração do serviço no país ultrapasse a marca de 30% ainda este ano, em comparação a pouco menos de 20% em 2018. A previsão é que a taxa alcance 40% até 2025. Em 2020, essa indústria cresceu 28% em território norte-americano e gerou uma receita global de US$ 7,4 bilhões. Até 2025, estima-se que este valor salte para US$ 12,4 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).