EXCLUSIVO: T2 Participações e Sort Investimentos lançam startup do setor imobiliário

Fast Sale promete agilizar a comercialização e vender propriedades em, no máximo, 60 dias.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Matheus Tafner, sócio diretor da T2 Participações, e Renato Monteiro, CEO da Sort Investimentos. Eles lançaram a plataforma Fast Sale, que já conta com mais de 600 corretores de imóveis cadastrados

Acessibilidade


A holding T2 Participações – administrada pelos sucessores nos negócios da Família Tafner, precursora do ensino à distância – e a Sort Investimentos, especializada no setor imobiliário, juntaram-se para a criação da startup Fast Sale. Com o lançamento, as empresas passam a atuar como uma plataforma digital que promete revolucionar a forma como os imóveis são vendidos no Brasil e efetivar a comercialização em, no máximo, 60 dias.

Criada em Balneário Camboriú (SC), a nova empresa será responsável por digitalizar, profissionalizar e agilizar a comercialização de imóveis, conectando proprietários a corretores imobiliários de diversas partes do país. Com um investimento inicial de R$ 4 milhões, a tecnologia cria uma vitrine digital do imóvel com tour virtual 360º e fotos aéreas, para que o potencial comprador possa conhecer a vizinhança sem precisar sair de casa. A avaliação do imóvel é feita pela equipe da startup, com o apoio de uma inteligência artificial que certifica o preço de mercado.

LEIA TAMBÉM: Proptechs ajudam mercado imobiliário a atravessar pandemia

“A plataforma é gratuita para os corretores e traz inúmeros benefícios para a rotina do trabalho. Eles vão perder menos tempo captando imóveis, já que passam a ter uma carteira de imóveis à disposição, com imagens em alta qualidade, e isso vai resultar em um maior número de vendas”, explica Renato Monteiro, sócio e idealizador da startup.

Ainda em fase de finalização, a plataforma já conta com mais de 600 corretores cadastrados e é dona de um marketplace com cerca de R$ 150 milhões em imóveis. O lançamento oficial está previsto para setembro deste ano, com opções de imóveis inicialmente em Balneário Camboriú e nos municípios do Vale do Itajaí, também em Santa Catarina.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Até o final do ano, a expectativa é cadastrar 5.000 corretores e integrar imóveis de outros estados brasileiros, especialmente nas capitais paulista e carioca. A projeção é que a startup alcance uma avaliação de mercado acima de R$ 100 milhões em menos de dois anos, e expanda as operações para outros países da América Latina.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: