Indústria 5G deve crescer 39% em 2021, VTEX, Renner, Apto & Muito Mais

Veja as novidades de tecnologia, inovação e transformação digital.

Redação
Compartilhe esta publicação:

TENDÊNCIAS INTERNACIONAIS

Acessibilidade


Receita mundial da indústria de infraestrutura 5G crescerá 39% em 2021

O mercado global de infraestrutura para redes 5G deve crescer 39% em 2021, totalizando US$ 19,1 bilhões, segundo a mais recente pesquisa do Gartner. No ano passado, a receita do setor foi de US$ 13,7 bilhões.

O estudo aponta que os fornecedores de serviços de comunicação que atuam em mercados mais maduros estão acelerando o desenvolvimento da tecnologia nos últimos anos, com as redes de quinta geração representando 39% da receita total de 2021 no segmento de infraestrutura sem fio. “A pandemia aumentou a demanda por conectividade de banda larga otimizada e ultrarrápida para oferecer suporte a aplicativos de trabalho que exigem muita banda dos ambientes domésticos, como streaming de vídeo, jogos online e aplicativos de mídia social”, diz Michael Porowski, analista sênior de pesquisa do Gartner.

Siga todas as novidades do Forbes Tech no Telegram

Os fornecedores de serviços de comunicação da América do Norte devem aumentar suas receitas com o 5G, saltando de US$ 2,9 bilhões em 2020 para cerca de US$ 4,3 bilhões este ano. Na Europa Ocidental, a previsão é expandir de US$ 794 milhões para US$ 1,6 bilhão. A China deve manter a liderança global, com a maior receita do mundo, atingindo US$ 9,1 bilhões em 2021, contra US$ 7,4 bilhões registrados em 2020.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Veja, na galeria de fotos a seguir, o que mais aconteceu na última semana no setor de tecnologia e inovação:

  • TENDÊNCIAS NACIONAIS

    37% das PMEs acreditam estar totalmente adequadas ao tratamento de dados

    Somente três em cada 10 PMEs (pequenas e médias empresas) brasileiras – cerca de 37% – consideram-se totalmente adequadas à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), revelou uma nova pesquisa do Capterra, plataforma de comparação de softwares. Segundo o levantamento, a maior parte delas (52%) acredita estar moderadamente adaptada à LGPD.

    O levantamento foi feito entre os dias 16 e 23 de junho de 2021, com 305 colaboradores em cargos de coordenação ou gerência. Os profissionais deveriam ter envolvimento parcial ou total na implementação da LGPD em suas equipes. “O resultado da pesquisa mostra [que temos] consumidores mais conscientes em relação ao compartilhamento e uso das suas informações pessoais por parte de empresas, incluindo as PMEs. Este comportamento ajuda a mensurar o impacto positivo da LGPD entre os brasileiros”, comenta Marcela Gava, analista responsável pelo estudo.

    O levantamento também analisou a questão da cibersegurança, indicando que 57% das PMEs já sofreram uma tentativa de golpe digital ou um golpe digital real. O tipo de ameaça mais recorrente relatado pelos negócios foi o phishing por e-mail, cujo risco pode ser amenizado com a utilização de softwares de segurança de e-mail e de cibersegurança. Nesse contexto, 54% dos respondentes definiram como “alta” a preocupação das suas empresas com a segurança das informações.

    Laurence Dutton/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    WSO2 prevê crescimento com aceleração digital e open banking

    A empresa especializada em soluções de código aberto WSO2 Latam anunciou, com exclusividade à Forbes, que cresceu 41% em 2020 graças à transformação digital das operações. No último ano, a companhia conquistou 18 novos clientes e prevê um crescimento de 80% na América Latina em 2021, com as operações no Brasil representando metade da expansão. Globalmente, a WSO2 possibilita a execução de mais de 18,2 trilhões de transações anualmente e deve crescer 30% até o final deste ano. Entre os segmentos atendidos pela empresa que mais devem se destacar este ano está o open banking. A empresa vai aplicar no Brasil sua experiência de implementação de tecnologias para este setor, a fim de colaborar com soluções tecnológicas proprietárias, trabalho consultivo e com o ecossistema de parceiros.

    Divulgação
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Prefeitura de São Paulo adere ao Portal de Compras Públicas

    Com apoio do Sebrae-SP, o Portal de Compras Públicas, govtech detentora de uma plataforma privada de pregão eletrônico, uniu-se ao município de São Paulo para ajudar a transformar o ecossistema de compras públicas na região. A startup ajuda prefeituras de todo o país a migrar para as plataformas digitais, passando a fazer suas aquisições via pregão eletrônico. Com a nova parceria, a plataforma soma mais de 230 mil fornecedores cadastrados e mais de R$ 50 bilhões transacionados em 2021. A colaboração entre as instituições será a primeira ação do Consórcio Empreendedor, programa de políticas públicas no qual o Sebrae passa a oferecer, gratuitamente, um portfólio de produtos e serviços para consórcios e municípios nas temáticas de governança, inovação no setor público e compras públicas, entre outras.

    Holloway/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Renner aprimora programa de mobilidade interna

    A rede de lojas Renner está trabalhando para evoluir a gestão de carreira de seus mais de 25 mil colaboradores por meio do aprimoramento de seu programa de mobilidade interna, o Gente em Movimento UP. Para isso, a rede varejista implementou a DCM (Degreed Career Mobility), solução que funciona como um hub digital dentro da Universidade Renner, usando tecnologia de inteligência artificial e conectando o perfil do colaborador a diferentes oportunidades internas, voltadas ao desenvolvimento pessoal e profissional. A ferramenta é disponibilizada pela plataforma Degreed, que é parceira da Lojas Renner desde 2019.

    Rafael Henrique/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    ACSP lança espaço dedicado ao desenvolvimento de startups

    A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), por meio de seu Conin (Conselho de Inovação), desenvolveu um espaço no centro histórico da capital paulista direcionado às startups. O local, apelidado de Pateo 76, tem o objetivo de promover projetos e ações que exponencializem os negócios, fortalecendo a inovação e a inteligência competitiva. O espaço, situado ao lado do Pátio do Colégio, tem capacidade para receber dezenas de pessoas ao mesmo tempo e diferentes formatos para reuniões, estações de trabalho integradas, sala de reunião, estúdio de gravação e equipamentos de alta tecnologia e conectividade.

    oxygen/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Service IT profissionaliza infraestrutura de tecnologia da Petz

    A integradora de soluções e serviços de tecnologia da informação Service IT redesenhou a arquitetura e definiu a estratégia de migração do datacenter interno da Petz. O projeto envolveu a estruturação do monitoramento remoto dos principais sistemas de negócio e a implementação de um disaster recovery – conjunto de políticas e procedimentos que garantem a recuperação ou continuação de sistemas vitais em caso de problemas no datacenter de produção. Segundo a Petz, a parceria permitiu um aumento na qualidade de entrega dos seus serviços, melhora do tempo de atendimento nos pontos de venda e maior retorno financeiro ao antecipar e evitar incidentes. A varejista do setor pet vem registrando um crescimento de 50% ao ano desde o início da parceria.

    Ravi Kumar/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Vice-presidente da VTEX lança documentário sobre IPO

    A trajetória de Alfredo Soares – vice-presidente da VTEX, plataforma de comércio digital com foco em SaaS (software as a service) para empresas e varejistas – poderá ser conferida no documentário “O Improvável”. O executivo ressalta a importância de ter consciência sobre as medidas que podem ser decisivas no mundo corporativo, resultando na operação do recente IPO da VTEX e as suas repercussões em um país como o Brasil. O documentário está disponível no YouTube.

    Sean Locke EyeEm/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Grendene aumenta em 380% as vendas online com e-commerce reestruturado

    A Grendene restruturou a plataforma de e-commerce de dez de suas marcas, no Brasil e internacionalmente. Por meio de uma abordagem omnichannel, o projeto – realizado pela Compasso com soluções de nuvem na plataforma Oracle Commerce Cloud – replicou no virtual a experiência de compra das lojas físicas e levou a um aumento de 380% nas vendas online feitas em 2020. O principal objetivo da companhia era internalizar o domínio dos dados que permitem personalizar a experiência de compra do consumidor, oferecendo sugestões com base nas pesquisas e acessos.

    Blue Planet Studio/Getty Images
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Apto amplia operações e oferece imóveis nos Emirados Árabes

    O Apto, plataforma brasileira que conecta potenciais compradores de imóveis novos a construtoras e empreendimentos em todo o Brasil, expandiu suas operações para os Emirados Árabes em parceria com o YMK – grupo de intermediação de negócios imobiliários, investimentos e crédito. A proptech já disponibilizava empreendimentos em Portugal e nos Estados Unidos e, agora, está ampliando o portfólio com imóveis também em Dubai. De acordo com o CEO, Alex Frachetta, o objetivo é continuar expandindo as operações para mercados fortes e buscar cada vez mais compradores interessados.

    Divulgação
  • O QUE MAIS ESTÁ ACONTECENDO NO ECOSSISTEMA

    Startup lança primeira bolsa de negociação de jogadores de futebol

    Fundada por Alex Bourgeois, Vinicius Cardoso e Domingos Napolitano, a startup brasileira K10 nasceu como a primeira bolsa de negociação de jogadores de futebol do mundo. Por meio da plataforma proprietária, amantes do futebol, clubes, investidores e apostadores esportivos poderão investir nos jogadores, representados por tokens, e rentabilizar com a valorização ou desvalorização do valor real dos atletas. Nessas operações, o investidor poderá realizar uma compra parcial ou fracionada dos tokens que correspondem ao valor de mercado dos jogadores. O objetivo da empresa é auxiliar seus clientes na diversificação de investimentos e aliar lucratividade e paixão pelo esporte em um ambiente seguro e transparente.

    Wongsaphat Suknachon/Eye Em/Getty Images
  • CRESCIMENTO

    Plataforma de autopublicação aumenta faturamento em 300%

    O Clube de Autores, plataforma de autopublicação que permite aos autores independentes publicarem suas obras sem tiragem mínima, sob demanda, faturou R$ 8 milhões no primeiro semestre deste ano, valor 300% superior ao mesmo período de 2020. Para Ricardo Almeida, CEO da empresa, as vendas foram impulsionadas pelo aumento de novos títulos disponibilizados na plataforma e o surgimento de novos autores. A empresa tem cerca de 1.000 publicações por mês e possui, no total, 72 mil títulos e 57 mil autores. A expectativa para o final de 2021 é dobrar de tamanho, ampliando a distribuição por canais, oferecendo novas facilidades de publicação e entregando novos serviços para os autores.

    Yuichiro Chino/Getty Images
  • AQUISIÇÕES

    Deel compra startup alemã Zeitgold

    A Deel, especializada na gestão de pagamentos e contratos, anunciou a aquisição da Zeitgold, startup alemã que desenvolve softwares de automação contábil baseados em inteligência artificial para ajudar as empresas a administrarem melhor a folha de pagamento. O produto auxilia profissionais, por meio de sua configuração e organização em contabilidade e impostos, além de conectar os gestores com os melhores consultores tributários do mercado. Com a operação, a Deel pretende aumentar as ofertas de produtos financeiros e acelerar o seu crescimento. O valor da compra não foi divulgado.

    john M Lund/Getty Images
  • AQUISIÇÕES

    Casai adquire as operações da Q Apartments

    A Casai, startup latino-americana de hospedagem inteligente, acaba de anunciar a aquisição das operações da Q Apartments em São Paulo para multiplicar seu portfólio e atender à crescente demanda no setor B2B (business-to-business). A proptech irá operar apartamentos duplex e studios em um edifício no bairro de Campo Belo e outras opções de estadia em bairros como Pinheiros e Itaim Bibi. Embora o valor da aquisição não tenha sido divulgado, a Casai afirma ter se tornado a principal parceira de negócios da Q na América Latina.

    Klaus Vedfelt/Getty Images
  • IMPACTO SOCIAL

    Startup ultrapassa 37 mil marmitas doadas

    Para ajudar moradores de rua na cidade de São Paulo e continuar gerando renda formal para donas e donos de casa, o marketplace mobile de refeições caseiras Eats for You e o aplicativo de pedidos Pede Pronto criaram a campanha “100 Mil Sem Fome”. A iniciativa capta doações de refeições para a população em situação de vulnerabilidade social e econômica. “Queremos criar uma grande corrente do bem para ajudar aqueles que têm fome e garantir que centenas de famílias que dependem da Eats for You como fonte de renda principal continuem operando e produzindo refeições”, comenta Nelson Andreatta, CEO da startup. No total, mais de 37 mil marmitas já foram doadas, repassando cerca de R$ 300 mil em renda formal para os cozinheiros e cozinheiras da plataforma.

    Westend61/Getty Images
  • IMPACTO SOCIAL

    Scania adere a empilhadeiras elétricas com tecnologia não poluente

    A Scania Latin America trocou 40 empilhadeiras a baterias de chumbo-ácido por 40 empilhadeiras elétricas de íon-lítio na unidade Logistic Parts Center. O espaço está localizado em Vinhedo (SP), e é responsável pelo armazenamento e abastecimento de peças de reposição para toda a América Latina. Com a renovação e modernização da frota, a empresa pretende reduzir as emissões de gases poluentes e os gastos energéticos, contribuindo para a otimização da operação intralogística por meio da telemetria, o aumento do conforto e da segurança dos operadores e para um salto na produtividade.

    Divulgação
  • TECNOLOGIA DO BEM

    Das Pretas inaugura a Rede Fortalece de Empreendedorismo Periférico

    O Instituto Das Pretas acaba de lançar a Rede Fortalece de Empreendedorismo Periférico, uma plataforma de aprendizagem que oferece gratuitamente conteúdos educativos – como aulas e mentorias exclusivas – com foco no empreendedorismo, inovação e transformação digital. A organização quer provocar impactos positivos na comunidade para agregar ainda mais na capacitação de empreendedores (principalmente as mulheres) que atuam nas periferias. Além de disponibilizar os conteúdos de forma aberta e gratuita, o marketplace possibilita o mapeamento de todos os negócios que já passaram pelas capacitações dos projetos do instituto realizados até hoje.

    Sarah Mason/Getty Images

TENDÊNCIAS NACIONAIS

37% das PMEs acreditam estar totalmente adequadas ao tratamento de dados

Somente três em cada 10 PMEs (pequenas e médias empresas) brasileiras – cerca de 37% – consideram-se totalmente adequadas à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), revelou uma nova pesquisa do Capterra, plataforma de comparação de softwares. Segundo o levantamento, a maior parte delas (52%) acredita estar moderadamente adaptada à LGPD.

O levantamento foi feito entre os dias 16 e 23 de junho de 2021, com 305 colaboradores em cargos de coordenação ou gerência. Os profissionais deveriam ter envolvimento parcial ou total na implementação da LGPD em suas equipes. “O resultado da pesquisa mostra [que temos] consumidores mais conscientes em relação ao compartilhamento e uso das suas informações pessoais por parte de empresas, incluindo as PMEs. Este comportamento ajuda a mensurar o impacto positivo da LGPD entre os brasileiros”, comenta Marcela Gava, analista responsável pelo estudo.

O levantamento também analisou a questão da cibersegurança, indicando que 57% das PMEs já sofreram uma tentativa de golpe digital ou um golpe digital real. O tipo de ameaça mais recorrente relatado pelos negócios foi o phishing por e-mail, cujo risco pode ser amenizado com a utilização de softwares de segurança de e-mail e de cibersegurança. Nesse contexto, 54% dos respondentes definiram como “alta” a preocupação das suas empresas com a segurança das informações.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: