Instagram vai exigir data de nascimento de usuários em ação para proteger crianças

Rede social quer "garantir experiências certas para a faixa etária certa".

Redação
Compartilhe esta publicação:
Pixabay
Pixabay

Após explorar ideia de uma versão de seu aplicativo para crianças menores de 13 anos, Instagram passará a exigir data de nascimento de usuário

Acessibilidade


O Instagram começará a exigir que os usuários confirmem suas datas de nascimento como parte de um esforço para criar novos recursos de segurança para jovens, disse o aplicativo de mídia social do Facebook.

O Instagram explorou uma versão de seu aplicativo para crianças menores de 13 anos, o que fez parlamentares pedirem que o Facebook desistisse dos planos, dizendo que a empresa de mídia social “tem um histórico claro de falhas em proteger as crianças em suas plataformas”.

LEIA TAMBÉM: Shopee, de Singapura, muda o jogo do setor de e-commerce no Brasil

O Instagram disse que usará as informações para “garantir que fornecemos experiências certas para a faixa etária certa”.

No mês passado, a empresa disse que padronizará os usuários com menos de 16 anos para uma conta privada quando ingressassem na plataforma.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O aplicativo disse que pedirá aos usuários seus aniversários quando eles abrirem o Instagram e, em seguida, mostrará várias notificações se o usuário não inserir a data de aniversário. Em algum momento, os usuários serão obrigados a enviar sua data de nascimento para continuar usando o aplicativo, disse a empresa.

As mudanças afetarão apenas os usuários do Instagram que não compartilharam antes sua data de nascimento no aplicativo. O Instagram afirmou que está ciente de que alguns usuários podem inserir uma data de nascimento falsa e disse que está desenvolvendo uma nova tecnologia para resolver esses problemas. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: