Tesouro diz que ataque hacker não afetou operações do Tesouro Direto

Após invasão ransomware, compras e vendas dos títulos continuam sendo realizadas normalmente

Redação
Compartilhe esta publicação:
Bill Hinton/Getty Images
Bill Hinton/Getty Images

Após invasão ransomware, compras e vendas dos títulos do Tesouro Direto continuam sendo realizadas normalmente

Acessibilidade


O Tesouro Nacional informou hoje (16) que o ataque hacker sofrido na última sexta-feira (13) contra sua rede interna não afetou “de forma alguma” as operações do Tesouro Direto.

“As compras e vendas continuam podendo ser realizadas normalmente”, disse o Tesouro, em nota conjunta com a B3.

VEJA TAMBÉM: Hackers devolvem US$ 260 milhões após ataque à plataforma de criptomoedas Poly Network

O Tesouro sofreu um ataque do tipo ransomware, investida que busca bloquear o acesso a arquivos ou sistemas, em geral exigindo um pagamento para liberá-los. Por essa razão, esse tipo de ataque é considerado um sequestro de dados.

Anteontem (14), o Ministério da Economia havia informado, também em nota, que medidas de contenção foram imediatamente aplicadas após a identificação do ataque e que a Polícia Federal foi acionada.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Nesta primeira etapa, avaliou-se que a ação não gerou danos aos sistemas estruturantes da Secretaria do Tesouro Nacional, como o SIAFI (Sistema Integrado de Administração Financeira) e os relacionados à Dívida Pública. As medidas saneadoras estão sendo tomadas”, disse a instituição. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: