E-commerce chinês pode gerar US$ 3,3 trilhões, Amazon, Google, Omie & Muito Mais

Veja as novidades de tecnologia, inovação e transformação digital.

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


TENDÊNCIAS INTERNACIONAIS

E-commerce chinês deve atingir US$ 3,3 trilhões em 2025

O volume gerado pelo comércio eletrônico na China deve crescer 17% em 2021. Se a projeção se confirmar, o setor pode ter um CAGR (Compound Annual Growth Rate, ou a taxa de crescimento anual composta) de 11,6% nos próximos quatro ano, movimentando cerca de US$ 3,3 trilhões em 2025. Os dados são da empresa de dados e análise GlobalData. A companhia informou que as vendas online no país cresceram a um CAGR de 17,7% entre 2017 e 2021, registrando um valor de US$ 2,1 trilhões neste ano. O levantamento indica que as soluções alternativas de pagamento – incluindo Alipay e WeChat Pay – foram as principais beneficiárias do aumento das compras, representando 57,6% das transações.

Ataques cibernéticos podem afetar mais de 80% das empresas no próximo ano

Cerca de 85% das organizações globais correm o risco de sofrer com violação de dados nos próximos 12 meses, de acordo com o relatório semestral Cyber Risk Index, realizado pela empresa de cibersegurança Trend Micro Brasil em parceria com o Ponemon Institute. O levantamento analisou o risco de mais de 3.600 empresas de todos os tamanhos e setores na América do Norte, Europa, Ásia-Pacífico e América Latina. Do total, 86% afirmaram que é muito provável sofrerem ataques cibernéticos graves no próximo ano e 24% sofreram mais de sete ataques em redes ou sistemas, contra 23% do relatório anterior. Entre as pesquisadas, 21% registrou mais de sete violações a ativos de informação e 20% sofreram mais de sete violações de dados de clientes em 2020.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga todas as novidades do Forbes Tech no Telegram

Veja, na galeria de fotos a seguir, o que mais aconteceu na última semana no setor de tecnologia e inovação:

  • aviation-images.com/Colaborador/Getty Images

    TENDÊNCIAS NACIONAIS

    e-ticket no transporte rodoviário cresce 78%

    A quantidade de viações que usam e-ticket como forma de embarque por transporte terrestre dobrou entre fevereiro de 2020 e julho de 2021, de acordo com dados da ClickBus, plataforma especializada em venda online de passagens rodoviárias. O estudo revela que, no primeiro semestre deste ano, houve um crescimento de 78% na utilização da tecnologia em comparação com o mesmo período do ano passado. No caso da ClickBus, cerca de 80% dos embarques dos clientes já são feitos por e-ticket.

  • Mike Segar/Reuters

    A Amazon.com divulgou nesta quinta-feira uma previsão de vendas de fim de ano bem abaixo das expectativas de Wall Street, pressionada por restrições de oferta de mão de obra e problemas logísticos que têm dificultado estoques.

    As ações da empresa recuavam cerca de 3% após o fechamento do mercado.

    A companhia estimou que as vendas do quarto trimestre ficarão entre 130 bilhões e 140 bilhões de dólares. Analistas, em média, esperavam 142,05 bilhões de dólares em faturamento, segundo dados da Refinitiv.

    O resultado da Amazon no terceiro trimestre também veio abaixo do esperado, com ritmo de crescimento de vendas mais lento desde o início da pandemia.

    As vendas líquidas totais no terceiro trimestre somaram 110,81 bilhões de dólares ante 96,15 bilhões no mesmo período de 2020. Analistas esperavam 111,60 bilhões de dólares, segundo dados da Refinitiv.

  • d3sign/Getty Images

    FUTURO

    Empresas fecham acordo para fomentar P&D de soluções 5G

    A Claro uniu-se à Embratel, Ericsson e ao Parque Tecnológico São José dos Campos para desenvolver e testar tecnologias que envolvam 5G, Internet das Coisas e IoT-Mobile para o mercado corporativo, principalmente dos segmentos de Indústria 4.0, agronegócio, saúde, smart City e educação. O objetivo da parceria é identificar empresas e instituições científicas e tecnológicas interessadas em criar parcerias para atender demandas de clientes empresariais.

  • dowell/Getty Images

    SAÚDE

    Healthtech lança plataforma de cannabis medicinal

    A plataforma Cannect une pacientes, médicos, instituições de saúde e fornecedores de cannabis medicinal. O objetivo da empresa é disseminar conhecimento, facilitar o acesso e viabilizar a importação do produto pelos pacientes, além de viabilizar teleconsultas e prescrições digitais.

  • Mr.Cole/Photographer/Getty Images

    EXPANSÃO

    Startup Fix it prepara expansão internacional

    A Fix it, startup especializada em impressão 3D de soluções ortopédicas, neurológicas e reumatológicas, chegou à marca de 5.000 órteses personalizadas vendidas no primeiro semestre de 2021 – dez vezes mais que no mesmo período do ano passado. A empresa, que planeja crescer 150% ainda este ano, já tem atuação no Paraguai e na Argentina e negocia entrar em outros sete países. “Iniciaremos, em breve, no Uruguai e na Suíça e estamos em processos contratuais com Chile, Bolívia e Venezuela. No Canadá, estamos em fase de validação clínica”, diz Felipe Neves, cofundador e CEO da Fix it.

  • RafaPress/Getty Images

    TRANSPARÊNCIA

    TSE reúne especialistas de tech em comissão de transparência eleitoral

    O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) anunciou a criação da Comissão de Transparência das Eleições, órgão destinado a ampliar a transparência de todas as etapas do pleito. A iniciativa reúne especialistas em tecnologia da informação, pesquisadores, professores de algumas das maiores universidades do país. A comissão vai acompanhar e fiscalizar as fases de desenvolvimento dos sistemas eleitorais e poderá opinar e recomendar ações adicionais para garantir a máxima segurança.

  • Andriy Onufriyenko/Getty Images

    IMPACTO SOCIAL I

    MCom, BB e Sebrae assinam acordo para ampliação do Wi-Fi Brasil

    O ministro das Comunicações, Fábio Faria, assinou ontem (14) o ACT (Acordo de Cooperação Técnica) com a presidente da Fundação do Banco do Brasil, Eveline Veloso Susin, e o presidente do Sebrae, Carlos Melles. O documento prevê a ampliação do programa Wi-Fi Brasil, do Governo Federal, cujo objetivo é levar conectividade em alta velocidade a todas as localidades do país.

  • oxygen/Getty Images

    IMPACTO SOCIAL II

    Google anuncia investimento em startups pelo Black Founders Fund

    O programa de aceleração Google for Startups Brasil selecionou 12 empresas para participarem do Black Founders Fund, fundo destinado a apoiar empreendedores negros. São elas: Akintec, BancoAfro, Barkus, Clube da Preta, Conta Black, Financier, Fluke, GoPhone, iBench, Mooba, Movimento Black Money e Wolo. Elas receberão créditos em produtos do Google e terão à disposição uma rede de mentores. O total de empresas selecionadas para o Black Founders Fund desde o seu lançamento, em setembro de 2020, chega a 29 e há a expectativa de novos nomes até o final do ano.

  • Andriy Onufriyenko/Getty Images

    IMPACTO SOCIAL III

    BlackRocks e ABStartups criam Mapa das Startups

    A BlackRocks Startups, hub que promove acesso à população negra no ecossistema de inovação, e a Abstartups (Associação Brasileira de Startups), acabam de lançar o BlackOut – Mapa das Startups 2021. O site busca conhecer e mapear negócios tecnológicos liderados por pessoas negras de todo Brasil. O objetivo é aumentar a visibilidade dessas empresas, atrair investimentos e parceiros e apoiar a criação de políticas públicas que fortaleçam os empreendedores a promoção da equidade racial no setor.

  • john m lund/Getty Images

    AQUISIÇÃO

    Omie anuncia compra da Devi Tecnologia

    A Omie, plataforma de gestão ERP na nuvem, concluiu a compra da Devi Tecnologia. É a segunda aquisição desde que levantou R$ 580 milhões em uma rodada de investimentos liderada pelo SoftBank em agosto deste ano.. A Devi desenvolve soluções de software para o comércio (pontos de vendas e pré-vendas). A aquisição tem como objetivo oferecer cada vez mais soluções verticalizadas e trazer mais competitividade com novos serviços para vendas.

  • Malte Mueller/Getty Images

    TECNOLOGIA DO BEM

    SafeSpace cria plataforma para combater assédio

    A startup SafeSpace criou uma solução digital para prevenir, comunicar e resolver problemas de comportamento no trabalho. A plataforma, que funciona no modelo SaaS (Software as a Service), automatiza o fluxo de denúncias de forma intuitiva para o usuário, por meio de perguntas pré-programadas e questões abertas. Todos os registros ficam armazenados confidencialmente, com data e hora, sem possibilidade de alteração. Assim que a denúncia é feita, a empresa recebe uma notificação.

aviation-images.com/Colaborador/Getty Images

TENDÊNCIAS NACIONAIS

e-ticket no transporte rodoviário cresce 78%

A quantidade de viações que usam e-ticket como forma de embarque por transporte terrestre dobrou entre fevereiro de 2020 e julho de 2021, de acordo com dados da ClickBus, plataforma especializada em venda online de passagens rodoviárias. O estudo revela que, no primeiro semestre deste ano, houve um crescimento de 78% na utilização da tecnologia em comparação com o mesmo período do ano passado. No caso da ClickBus, cerca de 80% dos embarques dos clientes já são feitos por e-ticket.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: