Empresa de direção autônoma constrói pista para testar robôs elétricos de entrega

Apoiada por SoftBank e Chipotle, Nuro está investindo US$ 40 milhões na instalação, que fica perto de Las Vegas.

Alan Ohnsman
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Os veículos elétricos autônomos da Nuro são projetados para entregar mantimentos, alimentos e outros itens pequenos para clientes em comunidades residenciais

Acessibilidade


A empresa norte-americana Nuro, desenvolvedora de tecnologias de direção autônoma apoiada por SoftBank e Chipotle, está investindo US$ 40 milhões em uma instalação de montagem e teste perto de Las Vegas. O espaço foi pensado em meio à preparação da companhia para aumentar a produção de milhares de veículos robóticos de entrega movidos a bateria.

Com sede em Mountain View, Califórnia, a empresa diz que o espaço de 11.612 metros quadrados começa a ser construído no final deste ano no sul do estado de Nevada. A instalação deve ser inaugurada em 2022, com a montagem de pequenos veículos comerciais feitos a partir das plataformas fornecidas pela fábrica de Lancaster, na Califórnia, da fabricante de caminhões elétricos BYD.

Siga todas as novidades da Forbes Tech no Telegram

De acordo com o cofundador e presidente Dave Ferguson, o local será capaz de produzir a cada ano dezenas de milhares de unidades do bot de entrega da próxima geração da Nuro, temporariamente conhecido como R3. A pista de circuito fechado da empresa para testar seus veículos será montada a alguns quilômetros da construção, no Las Vegas Motor Speedway, com inauguração prevista também para 2022.

“Não vamos construir milhares de veículos no primeiro dia, mas certamente a intenção é aumentar drasticamente nossa capacidade de fabricação”, disse Ferguson à Forbes. “Ainda não vamos dar detalhes sobre [o automóvel], mas faremos isso em breve. A expectativa é que essa seja a nossa plataforma de produção em massa para fornecer serviços em todo o país.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Fundada por dois ex-membros do Google Self-Driving Car Project, em 2016, a Nuro se concentrou exclusivamente no desenvolvimento de veículos sem motorista para entregas e logística, diferentemente dos táxis robóticos da Waymo, a materialização comercial do programa do Google.

A Nuro levantou uma quantidade significativa de financiamento, totalizando pelo menos US$ 1,5 bilhão de investidores, incluindo SoftBank, Chipotle, Fidelity, Greylock Partners e Toyota’s Woven Capital, dando-lhe uma avaliação estimada de US$ 5 bilhões, de acordo com o Pitchbook.

Junto com o desenvolvimento de software para direção autônoma, a empresa continua a refinar projetos para veículos de entrega. Sua frota atual de R2s robóticos conta com pequenos automóveis em forma de torradeira que têm sido usados ​​em programas-piloto de entrega transportando mantimentos, alimentos, pizza e pacotes FedEx. A empresa obteve aprovação do Departamento de Transportes para implantar o R2, que não possui volante, pedal de freio ou acelerador convencional, para operar em baixas velocidades em vias públicas. A companhia tem se concentrado em implantar os veículos em frotas de entrega em comunidades residenciais e suburbanas e restringir sua velocidade a um máximo de 40 km/h.

Segundo Ferguson, os veículos a serem feitos em Nevada podem ser um pouco maiores e mais rápidos do que o R2, embora não tenha dado detalhes específicos sobre a nova frota.

A instalação de montagem e pista de teste empregará 250 pessoas e gerará até US$ 2,2 bilhões em benefícios econômicos para Nevada em seus primeiros dez anos, de acordo com uma estimativa do Gabinete de Desenvolvimento Econômico do governador.

A Nuro afirma que ocupará quase 30 hectares na Las Vegas Motor Speedway para configurar sua pista de testes, que ajudará a treinar os veículos robóticos para evitar acidentes com pedestres, animais de estimação e ciclistas, entre outros. O espaço também será usado para testes ambientais e para a validação de sistemas veiculares.

“Este é um momento significativo para a Nuro”, disse o cofundador e CEO Jiajun Zhu, em um comunicado. “Graças ao nosso tremendo impulso, com parcerias estratégicas com líderes da indústria como Domino’s, Kroger e FedEx e operações em três estados, agora podemos investir em infraestrutura para construir dezenas de milhares de robôs.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: