Stellantis utiliza 5G para automatizar produção em parceria com TIM e Accenture

Empresas lançaram nesta quarta-feira, 27, um projeto piloto de aplicação da tecnologia em uma das fábricas da maior fabricante de automóveis do mundo

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:

A Stellantis anunciou, em julho, investimentos de mais de € 30 bilhões, até 2025, na eletrificação de sua linha de veículos (Crédito: Divulgação)

Acessibilidade


A Stellantis, dona das marcas Jeep e Fiat, entre outras, e uma das maiores fabricantes de automóveis do mundo, em parceria com a TIM e Accenture, lançou, nesta quarta-feira, 27, um projeto piloto de aplicação da tecnologia 5G em uma de suas fábricas no Polo Automotivo Stellantis de Goiana (PE). O sistema é aplicado ao ambiente industrial por meio de uma rede privada, que utiliza inteligência artificial e cloud computing.

“Este é o primeiro passo para tornar o Polo Automotivo Stellantis de Goiana a primeira planta industrial do setor integrada com base na tecnologia 5G”, afirma o presidente da Stellantis para a América Latina, Antonio Filosa. “É uma conquista que confirma a vocação da Stellantis para a inovação com foco na satisfação do cliente. Queremos estar na vanguarda da nova tecnologia e das possibilidades trazidas pelo 5G”, acrescenta.

LEIA TAMBÉM: Stellantis faz aposta de € 30 bilhões em veículos elétricos

O projeto-piloto implantado já está integrado ao chão de fábrica e aplicado à manufatura. “O projeto visa assegurar a conformidade da identificação dos veículos de acordo com sua versão e acessórios, trazendo ganhos de qualidade nos processos de montagem subsequentes”, explica André Souza, CIO da Stellantis para a América do Sul. “Na planta, são produzidos quatro modelos que se multiplicam em mais de 100 versões, cada qual com suas especificações de itens, componentes e acessórios”, enfatiza.

O projeto foi viabilizado através da soma de expertises dos parceiros. A TIM foi escolhida como a provedora de telecomunicações responsável por fornecer a infraestrutura e rede 5G, implantando o núcleo de rede 5G SA (standalone) na nuvem pública. A função da Accenture é integrar a rede 5G com recursos de automação de imagem e análise de vídeo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

LEIA TAMBÉM: Stellantis planeja triplicar vendas de veículos elétricos este ano

“Desde outubro de 2020, a parceria com a Stellantis gera frutos importantes para o desenvolvimento da indústria automobilística brasileira. Estamos às vésperas do leilão 5G e acreditamos que a nova tecnologia vai revolucionar o setor e impulsionar ainda mais o desenvolvimento da Indústria 4.0. Somos líderes e pioneiros em projetos relacionados à Internet das Coisas e estamos investindo fortemente para que o 5G traga a transformação digital que almejamos para vários setores da economia brasileira”, explicou Pietro Labriola, CEO da TIM Brasil.

Compartilhe esta publicação: