Advent lidera consórcio para fechar o capital da McAfee em negócio de US$14 bi

O acordo surge na esteira do impulso do trabalho remoto provocado pela pandemia e um aumento nos ataques cibernéticos, que estimulou a demanda por antivírus e software de segurança..

Redação
Compartilhe esta publicação:
Mike Blake/Reuters
Mike Blake/Reuters

O acordo surge na esteira do impulso do trabalho remoto provocado pela pandemia e um aumento nos ataques cibernéticos, que estimulou a demanda por antivírus e software de segurança.

Acessibilidade


A McAfee disse nesta segunda-feira (8) que um consórcio liderado pela empresa de private equity Advent vai fechar o capital da empresa de segurança cibernética em um negócio de 14 bilhões de dólares.

O acordo surge na esteira do impulso do trabalho remoto provocado pela pandemia e um aumento nos ataques cibernéticos, que estimulou a demanda por antivírus e software de segurança. Como parte da transação, o grupo de investidores comprará todas as ações ordinárias da McAfee em circulação por 26 dólares cada em um negócio totalmente em dinheiro que avalia a McAfee em cerca de 12 bilhões de dólares com base no patrimônio líquido. O preço de compra representa um prêmio de 22,6% sobre o preço de fechamento da ação da McAfee em 4 de novembro.

LEIA TAMBÉM: Equipados com um drone, hackers abrem as portas de um carro da Tesla remotamente

As ações da empresa com sede na Califórnia, que fez sua estreia no mercado no ano passado, caíram mais de 3%, para um pouco abaixo do preço da oferta. Em um acordo semelhante em agosto, a empresa americana de segurança cibernética NortonLifeLock aceitou comprar ao rival Avast listado em Londres por até 8,6 bilhões de dólares para criar um líder em software de segurança. O consórcio liderado pela Advent também inclui as firmas de private equity Permira Advisers, Crosspoint Capital e Canada Pension Plan Investment Board.

Compartilhe esta publicação: