3 tendências de conteúdo em vídeo que mudarão do trabalho ao entretenimento

Nos últimos 15 anos, o uso do vídeo explodiu e hoje é um dos principais canais de comunicação, produção e distribuição.

Matt Harney
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Getty Images
Reprodução/Getty Images

As plataformas de vídeo como Instagram Stories, TikTok e Twitch cresceram exponencialmente

Acessibilidade


A cada minuto, 500 horas de vídeo são enviadas para o YouTube globalmente. Este fato mostra que, nos últimos 15 anos, o uso do vídeo explodiu e hoje é um dos nossos principais canais de comunicação.

Basta olhar para o crescimento do Instagram Stories, TikTok e Twitch. Conforme o mundo continua a convergir e adotar imagens em movimento como forma de transmitir informações e vincular ideias, a gama de inovações tecnológicas, avanços de infraestrutura e desenvolvimento de plataformas continuarão a mudar – particularmente com a adesão de tecnologias como inteligência artificial (IA), machine learning (ML) e realidade virtual (VR) que continuam a crescer e ganhar popularidade.

No local de trabalho, elas já estão sendo amplamente utilizadas: dados recentes da PwC descobriram que 86% dos executivos de negócios e tecnologia disseram que a IA será uma tecnologia mainstream em sua empresa em 2021. A adoção está transformando coletivamente a forma como o vídeo é produzido, distribuído e consumido, e como o vídeo continua a ser visto como a base das estratégias gerais de negócios de muitas organizações, os líderes precisam se manter atualizados sobre as próximas tendências deste segmento.

Ao longo do próximo ano, as tendências a seguir serão críticas para os líderes ficarem de olho e adaptarem suas estratégias para acomodar.

Metaverso

Em outubro do ano passado, o Facebook anunciou sua mudança de nome para Meta e desencadeou uma enxurrada de especulações e entusiasmo sobre o metaverso. Para muitos, parece uma coisa do futuro ou talvez a próxima onda da internet que está de cinco a 10 anos de distância. Na realidade, o metaverso já está aqui. Um fluxo de vídeo generativo assistido por meio de telas de realidade mista já é possível – dê uma olhada em inovações como os óculos do Snapchat e os fones de ouvido VR da Oculus que permitem que os usuários entrem em mundos imersivos.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No futuro, a tecnologia continuará a repetir essa tendência e oferecer experiências mais imersivas e acessíveis. Do meu ponto de vista, o burburinho em torno do metaverso é um sinal claro de que os usuários desejam experiências ricas e imersivas além das telas planas de computador e smartphone que estão usando atualmente. As marcas precisam entender que agora, não no futuro, é a hora de aproveitar a tecnologia que já temos para fornecer aos usuários mídia imersiva e experiencial.

Criação de vídeo com tecnologia IA

Nos últimos cinco anos, a IA e ML amadureceram imensamente. À medida que os desenvolvedores continuam avançando no que essas tecnologias podem fazer, IA e ML podem substituir o software tradicional, e alguns até especulam que competirão com engenheiros de software ou especialistas em qualquer outro domínio do conhecimento, à medida que suas habilidades de escrever código aumentam com o tempo.

Quando se trata de criação de vídeo, estamos vendo essa tendência na forma de avanços na compreensão automatizada de linguagem natural – considere o quanto o recurso de voz para texto em seu telefone melhorou nos últimos anos, por exemplo. Prevejo que, em breve, os consumidores poderão criar conteúdo de vídeo animado e de classe mundial em questão de cliques, informados apenas pelo conteúdo que estão falando em um dispositivo equipado com recursos de IA. Isso reduzirá o cronograma para criar um projeto de vídeo animado de alta qualidade de dias ou semanas para meros minutos. Ao contrário, algumas empresas também estão começando a usar o ML para transformar texto em diálogo falado que soa natural e humano, oferecendo a capacidade para pessoas em todas as funções, de RH a vendas e marketing, criar vídeos com facilidade e rapidez.

Personalização facilitada

Os consumidores estão acostumados a ver vídeos em todos os lugares – no trabalho, em e-mails de marketing de seus varejistas favoritos, no aeroporto e em todos os canais de mídia social. Algo que ainda não estamos acostumados a ver e que está ganhando força é o vídeo personalizado. Imagine receber um e-mail com uma versão animada sua interagindo com uma marca. No futuro, os consumidores verão cada vez mais esses tipos de comunicação, o que trará uma mudança significativa para as empresas. Prevejo que os consumidores que assistem a esses vídeos responderão ao conteúdo de forma mais positiva, pois o veem adaptado às suas preferências. Para alcançar as gerações mais jovens, como a Geração Z, o conteúdo personalizado é fundamental, pois esses consumidores passaram a esperar uma mídia que atenda às suas preferências, graças a algoritmos como o usado pelo feed “For You” do TikTok.

Agora é um momento emocionante para o vídeo, e estou intrigado em ver como os avanços em IA e ML continuarão a impactar o conteúdo que podemos criar e consumir. Encorajo as marcas e seus líderes a considerarem como suas estratégias de vídeo atuais podem evoluir para adotar essas novas tecnologias e se antecipar para que não fiquem para trás.

Compartilhe esta publicação: