Elon Musk aposta que nave SpaceX entrará em órbita em 2022

Musk reconheceu as dificuldades que a SpaceX enfrentou no desenvolvimento dos motores "Raptor 2" para seu foguete Super Heavy.

Da Reuters
Compartilhe esta publicação:
Elon Musk
Elon Musk

Musk reconheceu as dificuldades que a SpaceX enfrentou no desenvolvimento dos motores “Raptor 2” para seu foguete Super Heavy

Acessibilidade


Elon Musk disse nesta quinta-feira (10) estar “altamente confiante” que sua nova nave espacial SpaceX, projetada para viagens à Lua e a Marte, chegará à órbita da Terra pela primeira vez neste ano, apesar de uma série de obstáculos técnicos e regulatórios.

Musk reconheceu as dificuldades que a SpaceX enfrentou no desenvolvimento dos motores “Raptor 2” para seu foguete Super Heavy, um propulsor de lançamento reutilizável de última geração projetado para transportar a espaçonave Starship para a órbita.

Ele citou problemas como o derretimento dentro das câmaras de propulsão dos motores devido ao calor intenso. Mas disse que “estamos muito perto de resolver isso” e previu aumentar a produção para cerca de sete ou oito motores por semana até o próximo mês e produzir uma nova nave estelar e um propulsor por mês até o final do ano.

“A essa altura, sinto-me altamente confiante de que entraremos em órbita este ano”, disse Musk, que também preside a fabricante de carros elétricos Tesla.

Espera-se que a Administração Federal de Administração (FAA)decida nas próximas semanas se o projeto no Texas representa um impacto ambiental significativo para a área e se deve envolver um estudo mais extenso antes de as operações serem licenciadas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Questionado sobre o status da revisão da FAA, Musk disse: “Não temos muito conhecimento sobre como as coisas estão com a FAA”, mas que “recebemos uma indicação aproximada de que pode haver um aprovação em março.”

A SpaceX ainda está planejando um lançamento em 2023 do que chama de primeira missão lunar privada do mundo, com o empresário japonês Yusaku Maezawa e uma dúzia de artistas a bordo de uma nave para dar a volta na Lua e retornar à Terra.

Compartilhe esta publicação: