Google promove feira para conectar talentos negros e o mercado publicitário

A BlackChain reunirá 12 das maiores agências e mais de mil candidatos de programas de formação da empresa.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Christiane Silva Pinto, do AfroGooglers: “a nossa responsabilidade em não apenas treinar e especializar estudantes e profissionais negros, mas também oferecer a eles oportunidades para se destacar no mercado”

Acessibilidade


O Google promove, no próximo dia 16 de fevereiro, a BlackChain, uma feira que se propõe a conectar talentos negros do marketing digital com oportunidades em algumas das maiores agências de publicidade do Brasil. A iniciativa partiu dos times de agências e de marketing do Google, em parceria com o projeto Potências Negras. O evento virtual permitirá que os participantes conheçam a equipe de agências parceiras, entendam mais sobre sua cultura e concorram a mais de 120 vagas abertas.

Para participar da feira é preciso ter se certificado no Black Ads Academy, programa de treinamento em Marketing Digital com foco na certificação oficial do Google Ads e outras soluções de publicidade do Google, nos anos de 2020 ou 2021; ou Black Data Academy, treinamento intensivo focado no desenvolvimento e capacitação em Google Analytics e ferramentas de dados e insights do Google; ou ter participado de uma das Mentorias Google BlackChain, em que profissionais experientes do mercado de publicidade das agências parceiras do Google trocam experiências com talentos negros.

LEIA TAMBÉM: Na Meta, Vivi Duarte lidera programa para promoção da diversidade

“A feira é de suma importância para conectar as pessoas que passam pelas formações de Black Ads Academy e Black Data Academy, levando em consideração a nossa responsabilidade em não apenas treinar e especializar estudantes e profissionais negros, mas também oferecer a eles oportunidades para se destacar no mercado de trabalho”, ressalta Christiane Silva Pinto, gerente de marketing de produto do Google Brasil e fundadora do AfroGooglers – comitê interno responsável por promover diversidade racial e inclusão no Google Brasil.

As agências com adesão ao programa são Africa, Almap, Artplan, Convert, Blinks Essence, Cadastra, DPZ&T, i-Cherry, Mirum, Publicis, Raccoon & Media.Monks, Suno e W/McCann. Todas elas passaram por um treinamento sobre letramento racial conduzido pelo AfroGooglers e o time de agências do Google em parceria com o Potências Negras, além de um preparo sobre cultura inclusiva e diversa no ambiente de trabalho.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Nosso compromisso é ajudar a construir as pontes que conectam nossos parceiros aos profissionais negros para dar escala e agilidade à construção de de ambientes de trabalho mais inclusivos e com oportunidades para todos os grupos. As agências tiveram acesso a treinamentos que vão ajudá-las a propor espaços seguros e acolhedores, com o objetivo de superar um dos principais desafios: fazer com que pessoas negras se reconheçam no ambiente de trabalho, nos diversos cargos disponíveis”, explica Aline Moda, diretora de Agências do Google Brasil.

Compartilhe esta publicação: