Alexandre de Moraes, do STF, determina bloqueio do Telegram no Brasil

Reuters
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/Getty Images
SOPA Images/Getty Images

Ministro do STF pede que operadoras de telefone insiram bloqueios para suspensão do Telegram a partir de amanhã (19)

Acessibilidade


O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes determinou hoje (18)  a suspensão integral do aplicativo Telegram no Brasil.

Em seu despacho, o ministro afirmou que a decisão se baseia no descumprimento, por parte do aplicativo, da determinação de bloqueio e desmonetização de contas ligadas ao blogueiro Allan dos Santos, que é considerado hoje foragido da Justiça no inquérito que investiga milícias digitais e produção de notícias falsas.

VEJA TAMBÉM: Instagram informa que serviço será interrompido na Rússia

Na decisão, Moraes pede que a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) tome as providências para a suspensão em até 24 horas que as operadoras de telefone insiram bloqueios para impedir a utilização do Telegram.

Além disso, a decisão pede que o aplicativo seja retirado das lojas on-line da Google e da Apple.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em nota, a Anatel informou que foi oficiada pelo STF e “providenciou o imediato encaminhamento da decisão judicial às entidades atuantes no setor regulado que possuem pertinência com a determinação judicial”.

Compartilhe esta publicação: