YouTube bloqueia canais financiados pelo governo russo

O YouTube disse que a invasão russa na Ucrânia se enquadra em sua política de eventos violentos e que conteúdos que a violam serão removidos.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Thiago Prudêncio/GettyImages
Thiago Prudêncio/GettyImages

Anteriormente, o YouTube havia bloqueado os principais canais apoiados pelo governo russo, RT e Sputnik, na Europa

Acessibilidade


O YouTube está bloqueando imediatamente o acesso global a canais financiados pelo governo russo, disse a empresa hoje (11), citando uma política que proíbe conteúdo que negue, minimize ou banalize eventos violentos bem documentados.

O serviço de vídeo do Google disse que a invasão da Ucrânia pela Rússia agora se enquadra em sua política de eventos violentos e que conteúdos que a violam serão removidos.

O porta-voz do YouTube, Farshad Shadloo, disse que o bloqueio dos canais russos está de acordo com essa política.

Anteriormente, o YouTube havia bloqueado os principais canais apoiados pelo governo russo, RT e Sputnik, em toda a Europa.

O YouTube não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre quais e quantos canais foram bloqueados globalmente ou se eles seriam restaurados.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

VEJA TAMBÉM: Google suspende vendas de anúncios na Rússia por causa do aumento de censura

Compartilhe esta publicação: