Confira um resumo envolvendo os lançamentos da Apple em 2022

De vazamentos à redefinição de design, nas últimas semanas, as novidades relacionadas à marca agitaram o cotidiano dos fãs.

Ewan Spence
Compartilhe esta publicação:
Getty Images

São muitos os rumores envolvendo os produtos da Apple para o ano de 2022

Acessibilidade


Dando uma olhada em uma nova semana de notícias e manchetes de Cupertino, o Apple Loop desta semana inclui o vazamento acidental do iPhone 14 da Apple, novos detalhes sobre a câmera revolucionária do iPhone, datas de lançamento do M2 para MacBook, a vitória de acessibilidade do iPad, a ausência de opções de reparo da Apple e um controlador de jogo para iPhone.

Vazamento acidental do iPhone 14 da Apple

Graças a um documento de suporte publicado acidentalmente no próprio site da Apple, vazaram detalhes sobre um novo carregador rápido de duas portas. As especificações propostas do carregador de 35W sugerem duas portas USB-C no plugue, com vários modos de carregamento diferentes que possuem potência total de 35W. Dada a quantidade de marketing que os fabricantes do Android colocam no carregamento rápido, parece que a Apple está pronta para se juntar à festa com o iPhone 14.

“Tudo isso focará diretamente a atenção nos planos da Apple para melhorar o carregamento rápido do iPhone e iPad. Conforme detalhado abaixo, os produtos rivais agora oferecem carregamento de 2 a 5x mais potência do que os iPhones. Sim, a duração da bateria do iPhone melhorou significativamente nos últimos anos (o iPhone 12 foi um raro retrocesso), mas ter a capacidade de adicionar 50% de carga a um iPhone em 15-20 minutos (atualmente são 30 minutos) seria um grande ponto de venda para muitos usuários.”

LEIA TAMBÉM: Além do trilhão: os momentos cruciais da Apple em 2022

Acima o periscópio para o iPhone!

Olhando para 2023, espera-se que a Apple faça mudanças significativas na plataforma do iPhone. Uma dessas mudanças será no sistema de câmeras, com a introdução de uma lente zoom “periscópio” dobrável, que deve oferecer maior clareza em configurações de zoom mais altas. “Rumores sobre o iPhone receber uma lente de periscópio circulam desde o início de 2020, com o respeitável analista Ming-Chi Kuo sendo o primeiro a mencionar a possibilidade. Kuo disse inicialmente que uma lente de periscópio seria um recurso do iPhone 14 Pro, mas agora diz que espera que o tipo de lente chegue com o iPhone 15 Pro, uma previsão que o analista Jeff Pu também fez.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Quando os novos Macs chegarão?

Uma das maiores questões que lança uma sombra sobre a plataforma Mac é quando os chipsets e hardware M2 Apple Silicon chegarão. Esta é uma boa sombra para se ter, especialmente porque a atual família M1 está oferecendo uma experiência competente… mas aqueles que procuram a tecnologia da próxima geração estão esperando ansiosamente pela WWDC, que não pode mostrar nada, ou então um novo MacBook habilitado para M2.

“… há muita conversa em torno da WWDC de junho como um evento de lançamento para dois novos Macs. Embora existam várias combinações sobre o que eles poderiam ser, o já mencionado MacBook Air e macMini estão na mistura. Agora, eles podem ser lançados com chips M1 aprimorados para oferecer opções mais poderosas – ter um M1 Pro e um M1 Max macMini no portfólio oferece flexibilidade – ou a Apple poderia executar uma jogada semelhante a outubro de 2020 e lançar o novo hardware, a nova versão do macOS e o novo chipset M2 em um grande jogo de poder.”

Outra vitória de acessibilidade para o iPad

Lançado esta semana, o Staybl melhora a acessibilidade do iPad para pessoas com Parkinson. Oferece melhor controle por meio de botões maiores e menos elementos deslizantes, além de estabilizar a tela contra o movimento gerado pelos tremores do usuário. Com o tempo, esses tremores – que geralmente afetam as mãos – podem dificultar a realização de tarefas simples, como vestir roupas ou usar dispositivos móveis, e podem afetar a qualidade de vida geral de uma pessoa. No entanto, usando o acelerômetro do iPad, o Staybl pode detectar quando o dispositivo é abalado por causa de tremores e, em seguida, responder imediatamente movendo seu navegador na tela na direção oposta. Isso estabiliza a tela para que o usuário possa visualizar facilmente a página da Web e mantenha o dispositivo firme.

Onde está a opção de reparo do iPhone prometida pela Apple?

Nas últimas semanas, a iFixit fez parceria com vários fabricantes (incluindo Samsung, Google, Valve e Microsoft) para oferecer peças e guias para que os usuários possam reparar seus próprios dispositivos. Notável em sua ausência é a Apple, uma ausência ainda mais controversa pela falta de ação da Apple sobre seu próprio programa Set Service Repair.

LEIA TAMBÉM: Apple estaria próxima de lançar um serviço de assinatura para o iPhone

Quando a Apple anunciou o Self Service Repair em novembro passado, alegou que o programa seria lançado no início de 2022. Mas a Apple ficou em silêncio. Estamos quase na metade do ano e não ouvimos nenhuma nova informação sobre o Self Service Repair ou seu lançamento esperado. Essa falta de transparência é frustrante, para dizer o mínimo. O Self Service Repair não é apenas uma ideia popular; é também algo que beneficia o meio ambiente e tem um impacto imediato nas carteiras dos clientes. Devemos esperar o lançamento deste programa, ou devemos apenas supor que a Apple está desistindo da ideia?.

Controlador de jogos da Apple

A Apple patenteou detalhes de controles de jogos, mostrando que a empresa está considerando jogos que funcionam além de uma simples tela sensível ao toque. Embora patentes nem sempre levem ao desenvolvimento de um produto, vale a pena ficar atento. Com duas enormes patentes de acessórios de controles de jogos sendo divulgadas no mesmo dia, isso indica fortemente que este é um grande projeto de acessórios. Se a Apple licenciará suas patentes para desenvolvedores de terceiros ou o apresentará como um acessório da marca Apple é desconhecido no momento. No entanto, devido à complexidade de alguns dos recursos, isso sugere fortemente que a Apple gostaria de ter um controle rígido sobre os recursos e opções de software no futuro. Porém, como sempre, só o tempo dirá.

Compartilhe esta publicação: