Forbes expande presença no metaverso com NFTs

Revista divulgou a prévia de sua coleção virtual “NFT Billionaires” e uma parceria com a exchange FTX .

Redação
Compartilhe esta publicação:
Reprodução

A coleção NFT Billionaires é a mais recente de uma série de contribuições que a Forbes fez para a arte digital e o espaço blockchain

Acessibilidade


A Forbes USA divulgou, na última segunda-feira (11), uma prévia de sua coleção virtual “NFT Billionaires”, o primeiro projeto de NFTs desse tipo para a indústria de mídia. A coleção inclui um conjunto de investidores fictícios com um enorme portfólio teórico e patrimônio líquido virtual baseado em preços da Bolsa de Valores de Nova York. Cada bilionário da NFT terá hobbies atraentes e um token da Forbes, que será ranqueado diariamente na próxima lista de bilionários virtuais.

A Forbes fez parceria com a FTX, uma das maiores exchanges de criptomoedas do mundo, para lançar um token ERC-721 na última quarta-feira (13). O acesso antecipado à coleção ficou disponível para assinantes da revista no dia 11. A venda inclui uma coleção inicial de 100 NFTs e, quando a coleção esgotar, os interessados ainda poderão participar da ação procurando NFTs à venda em qualquer marketplace de ERC-721.

Os NFT Billionaires terão sua própria página de perfil no site oficial da Forbes, com uma foto personalizada pelo Goodog e ItsACat, um grupo de ilustradores e animadores 2D e 3D com sede em Barcelona. Os proprietários também terão o endereço da sua carteira pública listado com o bilionário que possuem no ranking oficial da Forbes.com. “Com essa nova coleção, estamos vendo uma empresa de mídia estabelecida e respeitável se dedicar à indústria de blockchain”, disse Tristan Yver, chefe de estratégia da FTX nos Estados Unidos. “Estamos empolgados em fazer parceria com a Forbes em sua primeira venda de NFTs, e continuaremos a incentivar a inovação e a expansão da comunidade de ativos digitais”.

LEIA TAMBÉM: Afinal, o que é NFT e como criar e vender ativos virtuais?

“O lançamento desta coleção é um passo importante, ao mostrar que a Forbes está começando a adotar a Web3 e os ativos digitais, e a oferecer uma oportunidade para nosso público se envolver melhor também nesse espaço”, disse Vadim Supitskiy, diretor de tecnologia da Forbes. “No ano passado, transformamos uma capa da Forbes em um NFT, demonstrando que o jornalismo é tão imutável quanto uma obra de arte. Em março, abordamos a conversa sobre ativos digitais e Web3 em nosso Summit inaugural e, agora, estamos consolidando nosso lugar no metaverso, lançando esses colecionáveis ​​interativos que podem ser autenticados e negociados na blockchain.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A coleção NFT Billionaires é a mais recente de uma série de contribuições que a Forbes fez para a arte digital e o espaço blockchain. Em 16 de março de 2022, a Forbes realizou seu primeiro Digital Assets e Web3 Summit, reunindo os principais líderes do setor – incluindo Sam Bankman-Fried, fundador e CEO da FTX, e Kathleen Breitman, cofundadora da Tezos – para discutir sobre o futuro dos ativos digitais e Web3.

Os participantes se juntaram para uma agenda dinâmica de painéis e bate-papos sobre temas como bitcoin blue chip, o impacto da Web3 no futuro dos negócios, como o blockchain está transformando os ETFs (fundos de índices) e o que vem a seguir para o mercado de NFTs. Em abril de 2021, a Forbes também foi a primeira do setor a transformar uma de suas capas em NFT. A arte digital – intitulada “Merchants of the Metaverse” e apresentando os gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss – foi vendida em um leilão limitado por US$ 333,3 mil, com todos os lucros doados ao Committee to Protect Journalists (CPJ) e ao International Women’s Media Foundation (IWMF).

Compartilhe esta publicação: