Nestlé lança plataforma que conecta pessoas com mais de 50 anos aos games

Projeto da marca Nutren Senior utilizou método ágil e novas dinâmicas de inovação para desenvolver o projeto.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:
Divulgação

A Nestlé, por meio da marca Nutren Senior, contratou a consultoria gamer chamada eBrainz

Acessibilidade


Um dos grandes estereótipos relacionados ao mundo dos games ainda é a idade. Porém, ele vem sendo desconstruído não só por pesquisas do setor, mas também por iniciativas de algumas empresas. De acordo com a Global Web Index (GWI), o número de jogadores de 55 a 64 anos cresceu 32% no mundo nos últimos anos.

Como forma de se conectar com esse público, a Nestlé, por meio da marca Nutren Senior, contratou a consultoria gamer chamada eBrainz, que desenvolveu diversas análises de mercado e estudos. “Com ela, constatamos a participação do público 50+ dentro do universo de games e entendemos que temos espaço para trabalhar esse público através dos jogos”, explica Renato Marques, Head de E-Business da Nestlé Health Science.

LEIA TAMBÉM: O game brasileiro que recebeu investimento de banco e explodiu no TikTok

O resultado foi o desenvolvimento de uma plataforma com serviços de suporte nutricional e conhecimento sobre saúde e nutrição. Nessa primeira fase, ela vai focar no público 50+ de Nutren Senior com experiências personalizadas e que evoluem conforme o nível de utilização. A cada etapa conquistada, serão desbloqueados benefícios como descontos exclusivos nos produtos Nutren e o acesso, por três meses, à Plataforma de Bem-Estar.

O executivo reforça que o investimento em entender a linguagem gamer se deu, principalmente, com foco em criar novos modelos de negócios. “Através de estudos e pesquisas, identificamos que o público sênior é bem ativo nos jogos. Por isso, entendemos que os games possibilitam à marca Nutren contribuir para o melhor envelhecimento (cognitivo e físico). Por isso, eles foram disponibilizados na nova plataforma. Através dessas interações, vamos conseguir aproximar a marca do gamer, contribuindo também para entendermos alguns aspectos de interesse e consumo deste target.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Quando falamos de games, precisamos pensar em diversos públicos pertencentes à comunidade gamer. Desta forma, conseguimos conectar as mais distintas marcas a todos os tipos de públicos. Majoritariamente, gamers casuais, assim como os sêniores, usam os jogos como distração. Junto com a televisão, o celular representa uma companhia, além de ocupar momentos livres do dia.”

Compartilhe esta publicação: