Square Enix venderá “Tomb Raider” para sueca Embracer

Compartilhe esta publicação:

Por Sam Nussey

Acessibilidade


TÓQUIO (Reuters) – A empresa japonesa de jogos Square Enix reduzirá sua unidade de desenvolvedores no Ocidente com a venda dos estúdios por trás das franquias “Tomb Raider”, “Deux Ex” e “Thief” para a sueca Embracer por 300 milhões de dólares.

A venda anunciada na segunda-feira é a mais recente de uma onda de negócios na indústria de videogames. Inclui os estúdios Crystal Dynamics, Eidos-Montreal e Square Enix Montreal, afeta 1.100 funcionários e deve ser concluída no trimestre de julho a setembro.

A Square Enix, cujas principais franquias incluem “Final Fantasy” e “Dragon Quest”, disse que os recursos serão usados ​​para investir em áreas como blockchain, inteligência artificial e nuvem.

A empresa japonesa disse no ano passado que estava revisando seu portfólio, pois procurava se adaptar às mudanças do setor, como o foco no “metaverso”.

A Embracer, que ganhou reputação por aquisições e atualmente tem cerca de 1,02 bilhão de dólares em caixa, disse que o acordo lhe dará um pipeline de mais de 230 jogos, incluindo 30 títulos AAA de grande orçamento.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“A Embracer é o segredo mais bem guardado dos jogos: uma coleção massiva e descentralizada de empreendedores dos quais estamos entusiasmados em fazer parte hoje”, disse o presidente-executivo da Square Enix América e Europa, Phil Rogers, em comunicado.

Compartilhe esta publicação: