Adobe quer construir metaverso com novos chips da Apple

Novos chips da Apple trazem mais poder de processamento gráfico e a Adobe planeja aproveitá-lo ao máximo.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Manaure Quintero/Reuters
Manaure Quintero/Reuters

Novos chips da Apple trazem mais poder de processamento gráfico e a Adobe planeja aproveitá-lo ao máximo.

Acessibilidade


A Adobe disse hoje (14) que retrabalhou várias ferramentas voltadas à criação de conteúdo tridimensional para torná-las compatíveis com computadores da Apple equipados com chips da série “M”, da própria criadora do iPhone.

A Adobe vem trabalhando em ferramentas para desenvolvimento de mundos e objetos tridimensionais usados ​​em videogames e em metaversos.

A companhia também adquiriu a ferramenta Substance 3D em 2019, quando comprou a empresa francesa Allegorithmic. A ferramenta ajuda criadores de filmes e de videogames a apresentarem objetos digitais com uma ampla variedade de texturas realistas, como madeira ou couro.

Embora os laptops e desktops da Apple sejam bastante usados ​​em artes gráficas, desenvolvedores de videogames ainda tendem a confiar em PCs para seus trabalhos. Mas os novos chips da Apple trazem mais poder de processamento gráfico e a Adobe planeja aproveitá-lo ao máximo, disse François Cottin, diretor de marketing da Adobe.

“Para esses tipos de uso, a integração vertical é fundamental, desde o aplicativo até o chip”, disse Cottin. “Estamos trabalhando de perto com a Apple. Acho que o Substance 3D definitivamente representa isso.”

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: