Após Balenciaga e Gucci, Lacoste também aposta em NFTs

Marca francesa criou uma plataforma chamada UNDW3 que permitirá aos consumidores vários tipos de interação e cocriação

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:

O primeiro NFT vendido pela Lacoste remete ao crocodilo, mascote da marca, emergindo da água

Acessibilidade


Assim como fizeram recentemente Balenciaga, Gucci, Nike e várias outras marcas de moda, a Lacoste também está embarcando no mundo dos NFTs. A marca francesa lançou o projeto UNDW3, plataforma que vai conectar as comunidades associadas à marca e criadores com projetos de ativos digitais como NFTs e outros.

A Lacoste já vem experimentando iniciativas relacionadas, uma das primeiras foi um projeto com o jogo Minecraft que inseriu o Croco Island, mascote da marca, no jogo, além de várias outras imersões em uma das plataformas de jogos mais populares do mundo. Catherine Spindler, diretora de branding da Lacoste, destacou que o projeto tem foco na descentralização e na compreensão da Web3.

Leia mais: Como a Balenciaga tornou-se um símbolo da moda no metaverso

“O projeto UNDW3 reforça nossa objetivo de fomentar a descentralização fruto da Web3 e é um sinal por parte da nossa marca que queremos avançar em projetos relacionados. Sobretudo pela mobilização , em todo mundo, por parte dos consumidores, na busca por experiências cada vez mais diferenciadas das marcas no universo virtual”, destacou a executiva.

A estratégia também envolve o lançamento de um servidor na plataforma Discord que permitirá que os membros da comunidade Lacoste recebam atualizações sobre lançamentos exclusivos. A marca também já vendeu seus primeiros NFTs com a imagem do crocodilo, ao todo, mais de 10 mil peças já foram vendidas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: