IBM vai fechar negócios na Rússia e demitir funcionários

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


Por Supantha Mukherjee

ESTOLCOMO (Reuters) – A IBM está encerrando negócios na Rússia e começou a demitir funcionários no país, de acordo com um memorando enviado para os trabalhadores da companhia na semana passada.

Depois que a Rússia iniciou guerra contra a Ucrânia em fevereiro, a IBM se juntou a centenas de outras empresas do Ocidente que decidiram suspender negócios em território russo.

“À medida que as consequências da guerra continuam aumentando e a incerteza sobre suas ramificações de longo prazo cresce, tomamos a decisão de realizar uma liquidação ordenada dos negócios da IBM na Rússia”, escreveu o presidente-executivo, Arvind Krishna, aos funcionários.

Krishna disse à Reuters no início do mês passado que não tinha certeza de quanto tempo a empresa poderia pagar seus funcionários na Rússia em virtude das crescentes sanções do Ocidente contra o país.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Um porta-voz da IBM disse que a empresa emprega várias centenas de funcionários na Rússia.

“Nossos colegas na Rússia, sem culpa própria, suportaram meses de estresse e incerteza… Quero assegurar-lhes que a IBM continuará a apoiá-los e tomará todas as medidas razoáveis ​​para fornecer suporte e fazer sua transição o mais ordenadamente possível”, escreveu Krishna.

(Por Supantha Mukherjee)

Compartilhe esta publicação: