Regulador de Cingapura repreende fundo de criptomoedas Three Arrows Capital

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


CINGAPURA (Reuters) – O regulador financeiro de Cingapura acusou o fundo de hedge de criptomoedas Three Arrows Capital de exceder seu limite de ativos e fornecer informações falsas.

O Three Arrows (3AC) é um dos investidores mais importantes atingidos pela forte oscilação nos mercados de criptomoedas e está sendo liquidado, informou a Reuters na quarta-feira, citando uma fonte familiarizada com o assunto.

Na quinta-feira, a Autoridade Monetária de Cingapura (MAS) disse que “repreendeu” o 3AC e o acusou de fornecer informações enganosas sobre sua realocação para as Ilhas Virgens Britânicas em 2021, não detalhando nenhuma penalidade. O 3AC não comentou o assunto.

O MAS disse que o fundo não informou com rapidez suficiente sobre as mudanças nos diretores e suas participações e que o 3AC excedeu seu limite de ativos sob gestão de 250 milhões de dólares de Cingapura (179 milhões de dólares) durante dois períodos em 2020 e 2021.

“À luz dos desenvolvimentos recentes que questionam a solvência do fundo… o MAS está avaliando se houve mais violações”, disse o regulador em comunicado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A corretora de criptomoedas Voyager Digital emitiu um aviso de “default” à 3AC na segunda-feira depois que ela não conseguiu fazer pagamentos de um empréstimo de 15.250 bitcoins (cerca de 290 milhões de dólares) e 350 milhões de dólares em USDC, uma stablecoin.

(Por Tom Westbrook)

Compartilhe esta publicação: