Telegram lançará serviço pago, diz fundador

O aplicativo viu um aumento no número de usuários após preocupações com a privacidade relacionadas ao seu maior rival, o WhatsApp

Reuters
Compartilhe esta publicação:

Os usuários que optarem pelo Telegram Premium terão um limite maior para bate-papos, mídia e uploads de arquivos

Acessibilidade


O aplicativo de mensagens Telegram lançará um plano de assinatura para seus usuários este mês, disse Pavel Durov, fundador da empresa, hoje (10).

Os usuários que optarem pelo Telegram Premium terão um limite maior para bate-papos, mídia e uploads de arquivos, disse Durov em uma publicação em blog.

“A única maneira de permitir que nossos fãs mais exigentes obtenham mais, mantendo nossos recursos existentes gratuitos, é tornar esses limites maiores uma opção paga”, disse ele.

O aplicativo, juntamente com a ferramenta de mensagens Signal, viu um aumento no número de usuários após preocupações com a privacidade relacionadas ao seu maior rival, o WhatsApp, de propriedade da Meta. Atualmente, o Telegram tem 500 milhões de usuários ativos mensais e é um dos 10 aplicativos mais baixados do mundo, segundo seu site.

Durov disse que o movimento para oferta de uma assinatura paga foi para garantir que o Telegram continue sendo financiado principalmente por seus usuários e não por anunciantes.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: