Big Game BBB: como foi criado o fantasy game do reality

Aplicativo desenvolvido pela Globo em parceria com a Thoughtworks engajou o público do programa com experiência interativa

Infomercial ThoughtWorks
Compartilhe esta publicação:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Big Game BBB é o fantasy game do reality da Globo

Acessibilidade


Números expressivos em votações, recordes de audiência e presença entre os assuntos mais comentados nas redes sociais. Ano após ano, as estatísticas do Big Brother Brasil evidenciam o grande poder de mobilização do principal reality show do país. Mas como ampliar o engajamento do público com um programa que já era tão bem sucedido?

A resposta surgiu no programa Ideação, incubadora de projetos internos da Globo. A ideia era experimentar com o público do BBB22 o conceito de fantasy game e aproximar fãs do reality ao dia a dia da casa por meio de uma experiência imersiva.

Para dar vida ao jogo, a emissora contou com a colaboração da Thoughtworks (@thoughtworksbr), consultoria global de tecnologia que integra estratégia, design e engenharia de software para alavancar a inovação digital.

O tempo era curto: três meses para desenvolver e lançar um MVP (Minimum Viable Product) em sincronia com a estreia do BBB22. O primeiro passo foi desenhar jornadas detalhadas, para entender quais funcionalidades trariam mais valor para as pessoas usuárias e proporcionar uma experiência fluida e envolvente.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Big Game BBB mobilizou os fãs do reality show

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Nós nos sentimos entrando na casa BBB ao abraçar este desafio. Com o prazo curto para o lançamento do programa, colocamos em prática nossa abordagem estratégica de produto. Juntas, priorizamos um escopo mínimo que fosse valioso para todas as partes envolvidas”, afirma Clarissa Martins, Client Partner Executive na Thoughtworks. “Sem dúvida, ter uma longa relação de confiança com a Globo fez a diferença”, completa.

Com um escopo para garantir agilidade e eficiência, a versão beta do game incluiu as funcionalidades de cadastro/login, criação de grupos, palpites, ranking geral e semanal. Desenvolvido para iOS com SwiftUI e para Android em Kotlin, o aplicativo foi lançado em janeiro, mês de estreia do BBB22.

Nas duas semanas seguintes, a observação da movimentação nas redes sociais e dos feedbacks nas lojas de aplicativos habilitou o time a entender as principais dores e trabalhar em quick wins, priorizando soluções simples para problemas comuns. Com os ajustes, as avaliações rapidamente subiram de 3.2 para 4.8 na versão iOS e de 2.8 para 4.8 na versão Android.

Foto: Divulgação

Avaliações do aplicativo progrediram após revisões

Em quatro meses de programa, o jogo contou com mais de 300 mil participantes, 1,3 milhão de grupos escalados (cerca de 96 mil por rodada) e mais de 12 milhões de palpites (média de mais de 1 milhão por rodada). 88% das pessoas inscritas palpitaram ao menos uma vez, validando a aceitação do formato junto ao público.

“Ter boas ideias, parcerias de qualidade e um laboratório como o Mediatech Lab nos coloca em uma posição privilegiada”, diz Paulo Henrique Castro, diretor do Mediatech Lab, laboratório de inovação da Globo. “Em conjunto com a Thoughtworks, montamos uma equipe multidisciplinar e conseguimos tirar uma ideia do papel em tempo recorde. Com um fluxo de trabalho colaborativo e inovador, aceleramos o futuro.”

“Os resultados foram ótimos, conectamos mais com nosso público consumidor, com um novo produto atrativo e de qualidade. A parceria com a Thoughtworks contribuiu muito para estas conquistas!”, disse Wanderley Baccalá, Diretor Executivo Hub Digital Globo.

*Infomercial é de responsabilidade exclusiva dos autores e não reflete, necessariamente, a opinião da FORBES Brasil e de seus editores.

Compartilhe esta publicação: