Anec reduz projeção de exportação de soja do Brasil mas vê chance de recorde em abril

De acordo com a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais, o valor pode chegar a 16,79 milhões de toneladas este mês.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Na semana passada, a Anec via exportações de até 17,15 milhões de toneladas

Acessibilidade


As exportações de soja do Brasil podem alcançar até 16,79 milhões de toneladas em abril, o que corresponderia a um recorde mensal, estimou hoje (20) a Anec (Associação Nacional dos Exportadores de Cereais), ao reduzir o ponto máximo do intervalo da projeção.

Na semana passada, a Anec via exportações de até 17,15 milhões de toneladas. Ainda assim, o volume previsto está maior do que o dado divulgado no início de abril, que apontava embarques de até 16,3 milhões de toneladas neste mês, com base na programação de navios.

LEIA MAIS: Anec ajusta previsão de exportação de soja do Brasil em março para até 16,18 milhões de toneladas

A associação manteve nesta terça-feira o piso do intervalo da projeção em 14 milhões de toneladas. Se a projeção mais otimista se confirmar, abril teria um novo recorde mensal, superando as 14,9 milhões de toneladas embarcadas em março.

No mesmo período do ano passado, as exportações da oleaginosa atingiram 14,28 milhões de toneladas, de acordo com a associação. Para o milho, a Anec deixou praticamente inalterada a projeção de exportação de 30 mil toneladas para este mês em. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: