Sete filmes para contar histórias rurais

As produções que vão deixar o seu final de semana mais interessantes estão disponíveis em plataformas como Netflix, Prime Video e Globoplay.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Apple TV
Reprodução/Apple TV

Conheça Campo dos Sonhos e outros 6 filmes sobre histórias rurais

Acessibilidade


O mundo da agropecuária pode ser fascinante quando visto de perto. Este setor da economia é um dos mais amplos e importantes, pois está relacionado com a produção de alimentos, bioenergia, medicamentos, mudanças climáticas e tantos outros temas. A agropecuária faz parte da vida de todos, do café da manhã até a hora de ir para a cama.

Portanto, não é difícil imaginar que tudo relativo ao campo também seja objeto de interesse da indústria do cinema. A Forbes foi em busca de alguns filmes que mostram vidas reais e imaginárias que podem virar de ponta cabeça as certezas do homem em relação aos animais, que utilizam a paisagem do campo para contar histórias de superação, colocam a produção de alimentos como sobrevivência de um povo e propõe reflexões sobre a segurança alimentar do mundo. Confira.

LEIA TAMBÉM: Abelhas nativas se tornam rainhas na alta gastronomia de badalados restaurantes

  • Temple Grandin

    Disponível em HBO
    O filme “Temple Grandin” é baseado na história real da mulher que dá o título à produção. Nascida em Boston, Grandin foi diagnosticada ainda criança com autismo. Naquela época, a medicina ainda considerava o transtorno como uma forma de esquizofrenia. Porém, a jovem recebe apoio para buscar educação formal e revoluciona a pecuária de olho no bem-estar animal. Hoje, ela é a maior autoridade global na ciência que estuda o comportamento animal

    Reprodução/HBO
  • Campo dos Sonhos

    Disponível em Apple TV
    Marcado pela icônica frase “se construir, ele virá”, “Campo dos Sonhos” é um dos filmes mais famosos no ambiente agrícola. Indicado a três Oscars, o enredo acompanha o fazendeiro Ray Kinsella, um homem de 36 anos que teme envelhecer sem fazer nada de relevante ao mundo. Então, andando em sua plantação de milho, o fazendeiro tem uma visão e decide construir um campo de baseball em uma parte de sua terra. Contudo, a decisão de construir o lugar lhe traz riscos financeiros. É um filme destinado a quem gosta de esportes e o ambiente rural

    Inscreva-se para receber a nossa newsletter
    Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
    Reprodução/Apple TV
  • Ratos e Homens

    Disponível em Prime Video (com canal MGM)
    Baseado no livro “Of Mice and Man”, do autor John Steinbeck, “Ratos e Homens” acompanha a jornada de dois trabalhadores rurais na Califórnia, durante a Grande Depressão ocorrida nos Estados Unidos, entre os anos de 1929 e 1939. Além de mostrar que visões diferentes podem encontrar um caminho comum, o filme mostra os desafios da dupla errante que planeja trabalhar e comprar um acre de terra para criar galinhas e porcos

    Reprodução/MGM
  • Solo Fértil

    Disponível em Netflix
    Lançado em 2020, o documentário “Solo Fértil” é uma opção interessante para quem já entende de agricultura, mas também pode ser assistido por leigos. Para discutir a importância da agricultura regenerativa, o longa traz depoimentos de especialistas e famosos, como Gisele Bündchen, Jason Mraz e Rosario Dawson. O objeto discutido no documentário mostra como o tratamento de solos impactados pela monocultura pode ser a chave na reversão da crise climática

    Reprodução/Netflix
  • Bee Movie

    Disponível em Netflix
    Estrelado pelo comediante Jerry Seinfeld, a animação “Bee Movie” pode ter muitos aspectos distantes da realidade — afinal, abelhas não conseguem falar e interagir com humanos —, mas pode ser um filme interessante para a criançada assistir e entender a importância dos insetos polinizadores e seu mel. No enredo, a abelha Barry B. Benson (dublado por Seinfeld) decide processar a humanidade quando descobre o uso do mel na cadeia alimentar humana. O filme discute a indústria da apicultura e a relevância da polinização no ecossistema do planeta

    Reprodução/Netflix
  • Interestelar

    Disponível em Globoplay
    Dirigido por Christopher Nolan, “Interestelar” talvez seja um dos filmes de ficção científica que mais retrata a importância da agropecuária para o planeta terra. Conta a saga de Joseph “Coop” Cooper em uma missão para encontrar um novo planeta habitável aos humanos, enquanto as colheitas da Terra são afetadas por uma praga que reduz a segurança alimentar da humanidade. O filme deu ao diretor a experiência de trabalhar como agricultor. As plantações de milho no filme são reais e foram especialmente cultivadas para as gravações. No final, a colheita foi vendida e ajudou a reembolsar os US$ 100 mil gastos com o cultivo do grão

    Reprodução/Globoplay
  • O Menino que Descobriu o Vento

    Disponível em Netflix
    Baseado em uma história real, o longa “O Menino que Descobriu o Vento” conta a vida de William Kamkwamba, nascido em 1987 no Malawi, país africano localizado em uma região montanhosa e sem saída para o mar. Interessado em aprender e inspirado pelo livro “Using Energy”, que leu na biblioteca da escola da qual foi expulso por falta de pagamento, o menino tenta buscar uma saída para salvar seu vilarejo da fome após uma seca. A saída encontrada foi criar um moinho de vento para captar água do solo

    Reprodução/Netflix

Temple Grandin

Disponível em HBO
O filme “Temple Grandin” é baseado na história real da mulher que dá o título à produção. Nascida em Boston, Grandin foi diagnosticada ainda criança com autismo. Naquela época, a medicina ainda considerava o transtorno como uma forma de esquizofrenia. Porém, a jovem recebe apoio para buscar educação formal e revoluciona a pecuária de olho no bem-estar animal. Hoje, ela é a maior autoridade global na ciência que estuda o comportamento animal

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: