Vendas da safra 2020/21 de café do Brasil chegam a 93% do total, diz Safras & Mercado

Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

A consultoria estima comercialização de 64,53 milhões de sacas de 60 quilos

A comercialização de café do Brasil chegou a 93% da produção estimada para a temporada 2020/21 (julho/junho), até o dia 11 de maio, apontou a consultoria Safras & Mercado, indicando uma evolução de 3 pontos percentuais em relação ao mês anterior.

As vendas estão levemente atrasadas se comparadas ao mesmo período do ano passado, quando atingiam 94% da safra 2019/20. No entanto, superam a média histórica de 91%.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Com isso, a consultoria estima comercialização de 64,53 milhões de sacas de 60 quilos, tomando como base uma safra de 69,5 milhões de sacas.

A puxada nos preços físicos de café acabou trazendo um pouco mais de liquidez ao mercado disponível brasileiro, disse em nota o consultor de Safras & Mercado Gil Barabach.

“E as vendas só não andaram mais por conta das dúvidas produtivas em relação à safra brasileira 2021 e diante da aposta em um mercado de clima mais agitado esse ano”, afirmou.

As vendas de arábica subiram para 91% da produção, ficando ligeiramente abaixo de igual período do ano passado (92%), mas acima dos 90% de média histórica, mostraram os dados.

Já a comercialização de robusta/conilon estiveram mais ativas e alcançam 97% da safra, contra 96% em igual período do ano passado e 94% na média dos últimos cinco anos. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).