Importação de soja pela China em maio cresce 29% ante abril com grãos do Brasil

Processadores chineses aumentaram as compras da oleaginosa antecipando uma forte demanda do setor de suínos.

Redação
Compartilhe esta publicação:
VCG/Getty Images
VCG/Getty Images

Processadores chineses de soja aumentaram as compras da oleaginosa antecipando uma forte demanda do setor de suínos

Acessibilidade


As importações de soja pela China cresceram em maio frente ao mês anterior, mostraram dados de alfândegas hoje (7), com mais cargas do Brasil, principal fornecedor, sendo liberadas pela alfândega.

Maior importadora global de soja, a China adquiriu 9,61 milhões de toneladas da oleaginosa em maio, alta de 29% frente às 7,45 milhões de toneladas de abril, quando alguns embarques brasileiros atrasaram, segundo dados da Administração Geral de Alfândegas.

LEIA MAIS: Importações da China crescem no ritmo mais forte em uma década em maio

As importações de maio também foram superiores às 9,38 milhões de toneladas vistas no mesmo mês do ano anterior.

“Os números ficaram dentro da expectativa do mercado. As importações de maio a julho são geralmente grandes todos os anos. Também houve algumas cargas atrasadas”, disse Wang Xiaoyang, analista da Sinolink Futures.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Processadores chineses de soja aumentaram as compras de grãos do Brasil antecipando uma forte demanda do setor de suínos, que tem se recuperado rapidamente, mas chuvas no país da América do Sul atrasaram a colheita e exportações da oleaginosa.

Os carregamentos atrasados começaram a chegar à China em grande volume a partir de abril, mas o impacto das chuvas ainda podia ser sentido.

Operadores disseram que alguns carregamentos podem ser rolados devido aos atrasos, chegando à China em junho.

As chegadas de soja ao país nos próximos dois meses devem passar de 10 milhões de toneladas, somando-se a um suprimento já sólido de grãos, segundo analistas.

LEIA MAIS: Vendas antecipadas de soja 21/22 se aproximam de 20% e superam média histórica

A China importou 38,23 milhões de toneladas de soja nos primeiros cinco meses de 2021, com alta de 12,8% frente ao mesmo período do ano passado, segundo dados das alfândegas. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: