Rabobank revisa para cima safras de café do Brasil após verificar estoques maiores

Para a safra de 2020/21, a produção nacional foi projetada em 72 milhões de sacas.

Redação
Compartilhe esta publicação:
John W Banagan/Getty Images
John W Banagan/Getty Images

A colheita brasileira de café de 2021/22 avança sem grandes problemas, porém com uma expectativa de quebra de produção, segundo o Rabobank

Acessibilidade


O Rabobank informou hoje (21) que revisou as safras 2020/21 e 2021/22 de café do Brasil, pois foi observado estoque de passagem muito maior do que o esperado em recente pesquisa, considerando também um aumento no consumo doméstico e as fortes exportações brasileiras.

Para a safra passada (2020/21), a produção do Brasil foi projetada em 72 milhões de sacas (sendo 53 milhões do tipo arábica), ante projeção prévia de 67,5 milhões de sacas (49 milhões de arábica).

LEIA TAMBÉM: Cresce o consumo global de café, com 167,58 milhões de sacas em 2020

Já a safra 2021/22, cuja colheita está em andamento, foi estimada em 56,7 milhões de sacas, sendo 36 milhões do tipo arábica (32% menor em relação ao ciclo anterior), disse o banco em um relatório.

“A colheita 2021/22 brasileira avança sem grandes problemas, porém com uma expectativa de quebra de produção devido à bienalidade produtiva menor e baixos volumes de chuva”, disse o Rabobank. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: