Conselho Internacional de Grãos corta previsão para safra global de trigo 2021/22

O IGC também manteve sua previsão para a produção global de milho na safra 2021/22.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Lindsay Morris/Reuters
Lindsay Morris/Reuters

Fazendeiro em Amagansett, New York

Acessibilidade


O Conselho Internacional de Grãos (IGC, na sigla em inglês) cortou hoje (26) sua previsão para a safra global de trigo 2021/22, refletindo a redução das perspectivas para Rússia, Canadá e Estados Unidos.

Em sua atualização mensal, o órgão intergovernamental reduziu a previsão da safra mundial de trigo de 2021/22 em 6 milhões de toneladas, para 782 milhões de toneladas.

LEIA MAIS: Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A safra de trigo da Rússia, que foi reduzida pelo clima quente e seco neste verão, foi vista em 75 milhões de toneladas, abaixo da previsão anterior de 81 milhões de toneladas, mas acima da projeção do Departamento de Agricultura dos EUA deste mês de 72,5 milhões de toneladas.

A seca também reduziu a produção na América do Norte, e o IGC reduziu suas previsões de safra de trigo para o Canadá (de 28,5 milhões de toneladas para 24,5 milhões de toneladas) e os Estados Unidos (de 47,5 milhões de toneladas para 46,2 milhões de toneladas).

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O impacto foi parcialmente compensado por revisões para cima na Ucrânia (de 29,5 milhões de toneladas para 32 milhões de toneladas) e Austrália (de 28,9 milhões de toneladas para 30,1 milhões de toneladas).

O IGC também manteve sua previsão para a produção global de milho na safra 2021/22 em 1,202 bilhão de toneladas.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: