Nova safra de soja do país já tem 28,1%, da produção vendida

Nesta época no ano passado, produtores já tinham comercializado mais da metade da safra antecipadamente.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Roberto Samora/Reuters
Roberto Samora/Reuters

Plantação na Bahia, Brasil

Acessibilidade


As vendas antecipadas da colheita 2021/22 de soja do Brasil atingiram 28,1% da produção esperada e estão atrasadas na comparação com o ritmo visto para os negócios da nova safra no mesmo período do ano passado, afirmou a consultoria Safras & Mercado nesta hoje (8).

Houve um avanço de 2,5 pontos percentuais na comparação com a estimativa de vendas anunciada em setembro, quando a negociação já se encontrava atrasada em termos anuais.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O ano 2020 foi um ano de forte antecipação nos negócios. Nesta época, produtores já tinham comercializado mais da metade da safra antecipadamente.

Considerando a média histórica para o período, as vendas da nova safra estão próximas da média (28,4%).

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No caso da safra velha, a comercialização envolveu 89,2% da produção projetada. No relatório anterior, com dados de 1 de setembro, o número era de 85,9%.

Segundo a Safras, os produtores seguem retraídos nos negócios, vendendo apenas o necessário durante os melhores momentos. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: