Plantio de soja avança para 36,8% do total da área prevista para o grão

Na semana anterior, a semeadura da oleaginosa estava em 23,7%,

Redação
Compartilhe esta publicação:
Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Ao alcançar 36,8%, plantio de soja no Brasil já mais avançado do que o mesmo período no ano anterior, marcado pela seca

Acessibilidade


O plantio de soja no Brasil alcançou 36,8% das áreas planejadas para a safra 2021/22 até 23 de outubro, informou a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) ontem (26), apoiado por condições climáticas favoráveis.

Na semana anterior, a semeadura da oleaginosa estava em 23,7%, de acordo com a estatal, que considera dados de 12 Estados que correspondem a 97% da área cultivada do país.

Um ano antes, quando o início da temporada foi marcado pela seca, o plantio alcançava 20,5%.

Já a semeadura do milho verão chegou a 37,6%, com atraso ante os 39,5% registrados no mesmo período do ano passado. Em uma semana, o avanço foi de 5,5 pontos percentuais.

Ainda segundo a Conab, a colheita de trigo alcançou 45,9% até 23 de outubro, contra 38,3% na semana anterior e 61,4% um ano antes.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Citando informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Conab disse em boletim à parte que há previsão de bons volumes de chuva em praticamente toda a região Centro-Oeste nesta semana, com destaque para o leste de Mato Grosso do Sul e norte de Mato Grosso.

“As chuvas continuarão contribuindo com o armazenamento hídrico no solo, a semeadura, a emergência e o desenvolvimento dos cultivos de verão”, afirmou a estatal.

Há também previsão de chuvas volumosas no Paraná, capazes de afetar a qualidade do trigo em algumas áreas, alertou. No Rio Grande do Sul não haverá precipitação significativa.

“A semeadura e o desenvolvimento dos cultivos de verão também serão beneficiados (no Sul)”, acrescentou. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: