Exportação do agro do Brasil atinge valor recorde para outubro com alta nos preços

A China se manteve como principal compradora dos produtos do agronegócio brasileiro, com USD2,25 bilhões .

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


As exportações de agronegócio do Brasil atingiram USD8,84 bilhões no mês passado, valor recorde para outubro, como reflexo de preços internacionais mais altos, apontou o Ministério da Agricultura nesta terça-feira.

As vendas externas do agro do país subiram 10% ante o resultado do mesmo mês de 2020, com os preços mais do quecompensando uma queda de 12,5% em volumes, segundo estudo da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais (SCRI)do ministério.

As importações de produtos do agronegócio subiram de 1,2 bilhão de dólares, em outubro de 2020, para USD1,4 bilhão no mesmo período deste ano, uma alta de 16,8%.

De acordo com analistas da SCRI, os principais destaques do mês foram soja em grão, carne suína e de frango e café.

A soja em grão foi responsável por USD1,72 bilhão  (+94,3%), correspondendo a USD3,3 milhões de toneladas (+35,9%).

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

As vendas externas da carne suína chegaram a 215,98 milhões de dólares (+8,9%), já a carne de frango totalizou USD700,08 milhões (+60%). E o setor cafeeiro registrou vendas de USD606,71 milhões (+18,9%).

A China se manteve como principal compradora dos produtos do agronegócio brasileiro, com USD2,25 bilhões.

(Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: