Bolsa de Cereais eleva previsão de plantio de 7,3 milhões de hectares de milho na Argentina

A expectativa é que a colheita alcance o recorde de 55 milhões de toneladas.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Agustin Marcarian/Reuters
Agustin Marcarian/Reuters

A expectativa da bolsa é que a colheita de milho da Argentina alcance o recorde de 55 milhões de toneladas

Acessibilidade


Os agricultores argentinos plantarão cerca de 7,3 milhões de hectares de milho na temporada de 2021/22, disse a Bolsa de Cereais de Buenos Aires hoje (2), elevando sua previsão ante estimativa anterior de 7,1 milhões de hectares.

A expectativa da bolsa é que a colheita de milho da Argentina alcance o recorde de 55 milhões de toneladas em 2021/22, previsão que manteve inalterada. O país sul-americano é o segundo maior exportador mundial de milho.

LEIA TAMBÉM: Com exportação em queda, Cooxupé usa ‘big bags’ de café para atenuar falta de contêiner

A bolsa informou no mês passado que o milho plantado cedo no país deu início a estágios importantes de desenvolvimento, durante os quais os rendimentos têm “boas expectativas” graças a chuvas recentes. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: