Copetrol vai investir no projeto de biodiesel da BSBios no Paraguai

Projeto Omega Green irá produzir diesel e querosene de aviação renováveis, com previsão de lançamento em 2025.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Jamil Bittar/Reuters
Jamil Bittar/Reuters

A BSBios se tornou empresa acionista da biorrefinaria da Copetrol

Acessibilidade


A BSBios assinou ontem (25) um memorando de entendimentos com a paraguaia Copetrol com o objetivo tornar a empresa acionista da planta de biocombustíveis avançados que está em construção no país vizinho, informou a empresa brasileira em comunicado.

A Copetrol é a principal empresa do grupo empresarial Zapag, líder na importação e distribuição de combustíveis de petróleo do Paraguai.

VEJA TAMBÉM: Agro tem 19 companhias no Índice de Carbono Eficiente da B3

Lançada em fevereiro de 2019, a biorrefinaria, chamada de projeto Omega Green, prevê a produção de diesel renovável (ou HVO, sigla em inglês para óleo vegetal hidrotratado) e querosene de aviação renovável (SPK/SAF). A expectativa é de entrada em operação em 2025.

A produção será destinada à exportação para os Estados Unidos, Canadá e países da União Europeia, reiterou a BSBios.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Essa parceria vai fortalecer o projeto e reforçar o compromisso do Omega Green com o país. Ter como sócia uma empresa paraguaia, para nós que estamos chegando no país, nos traz ainda mais segurança”, disse o presidente da BSBios Paraguay, Erasmo Carlos Battistella.

Com investimento estimado em US$ 1 bilhão, as obras de infraestrutura do megacomplexo iniciaram em novembro passado, com a definição de vias internas e de acesso, assim como todo o cercamento da área que abrigará o projeto.

Uma base também está em construção para a instalação da oficina e dos depósitos da empresa responsável pela preparação do terreno para o início da construção, disse a empresa.

Compartilhe esta publicação: