China suspende habilitação de 2 unidades de carne de frango do Brasil

A associação não espera impactos significativos para as exportações brasileiras do produto.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Michael Kooren/Reuters
Michael Kooren/Reuters

Frangos em fazenda avícola em Ruurlo, na Holanda

Acessibilidade


Duas unidades produtoras de carne de frango do Brasil tiveram suspensas as habilitações para exportar à China, principal mercado para o produto brasileiro, de acordo com a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal).

A entidade disse hoje (31) que recebeu a informação sobre a suspensão por parte da autoridade chinesa de duas plantas de suas associadas. Mas não detalhou em nota.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“A ABPA está apoiando o governo brasileiro e as empresas envolvidas nas tratativas para o rápido restabelecimento das habilitações para a China”, disse a ABPA.

A associação não espera impactos significativos para as exportações brasileiras de carne de frango, uma vez que o país conta atualmente com 43 plantas habilitadas para exportar o produto ao país asiático, segundo a ABPA.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A China registrou uma participação de 14,3% no total dos embarques de carne de frango do Brasil em 2021, importando 640 mil toneladas.

“A entidade reafirma os altos padrões de qualidade e sanitários estabelecidos por suas associadas, assim como no sistema de controle sanitário brasileiro.”

Mais cedo, o jornal Valor Econômico informou que as unidades embargadas são da São Salvador Alimentos, localizada em Itaberaí (GO), e da Bello Alimentos, de Itaquiraí (MS).

Compartilhe esta publicação: