Ucrânia deve exportar 47,8 milhões de toneladas de grãos, bem abaixo da previsão inicial do ICG

As exportações de grãos da Ucrânia foram revisadas para 47,8 milhões de toneladas, bem abaixo da previsão de 62,8 milhões do mês passado.

Da Reuters
Compartilhe esta publicação:
Agustin Marcarian/Reuters
Agustin Marcarian/Reuters

Lavoura de milho

Acessibilidade


O Conselho Internacional de Grãos (IGC, na sigla em inglês) cortou hoje (17) sua previsão para as exportações de grãos da Ucrânia na atual temporada 2021/22, observando que o conflito em andamento no país alimentou preocupações sobre possíveis riscos à segurança alimentar.

As exportações de grãos da Ucrânia foram revisadas para 47,8 milhões de toneladas, bem abaixo da previsão de 62,8 milhões do mês passado, com o conselho observando que as projeções eram provisórias e sujeitas a incerteza significativa.

“As ameaças imediatas estão focadas principalmente na interrupção dos fluxos de exportação. Os carregamentos comerciais nos portos do Mar Negro estão atualmente suspensos na Ucrânia“, disse o IGC em um relatório mensal.

“Embora haja esforços para aumentar as exportações por meio de rotas ferroviárias através das fronteiras ocidentais do país, os volumes gerais provavelmente serão limitados”, disse o IGC.

A perspectiva de exportação de milho da Ucrânia foi reduzida para 21,0 milhões de toneladas, contra 31,9 milhões anteriormente, enquanto as exportações de trigo foram revisadas de 24,5 milhões para 20,8 milhões.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O IGC também revisou para baixo sua previsão para as exportações de grãos russos de 37,7 milhões de toneladas para 37,1 milhões.

“Embora os carregamentos (na Rússia) tenham sido retomados recentemente, os volumes podem ser prejudicados por restrições de financiamento comercial e requisitos adicionais de seguro de frete marítimo”, disse o IGC.

O IGC elevou sua previsão para a produção global de milho em 2021/22 em 4 milhões de toneladas, para 1,207 bilhão de toneladas, impulsionado por melhores perspectivas para as colheitas na Índia e na União Europeia.

O órgão intergovernamental manteve sua previsão para a produção global de trigo na temporada 2021/22 em 781 milhões de toneladas.

Compartilhe esta publicação: