Anec faz ajuste para cima em projeção de exportação de soja do Brasil em abril

As exportações devem alcançar 12,09 milhões de toneladas em abril, um ajuste positivo em relação aos 11,98 milhões da semana anterior.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Jorge Adorno/Reuters
Jorge Adorno/Reuters

Caminhão carregado com soja

Acessibilidade


As exportações de soja do Brasil devem alcançar 12,09 milhões de toneladas em abril, estimou a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) hoje (26) com um ajuste positivo em relação aos 11,98 milhões vistos na semana anterior.

Apesar da elevação, o resultado representa queda quando comparado ao recorde de 15,67 milhões de toneladas registrado no mesmo mês de 2021.

Leia mais: Inscreva-se na seleção para a lista Under 30 2022

O país, que é o maior produtor e exportador global da oleaginosa, teve a disponibilidade de grãos para embarque reduzida neste ano após uma quebra de safra causada pela seca no Sul.

A expectativa para vendas externas de farelo de soja foi reduzida para 1,93 milhão de toneladas, ante 1,956 milhão na semana anterior, disse a associação baseada na programação de navios para embarque.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

No entanto, o volume estimado para o farelo é superior ao total de 1,576 milhão exportado pelo país em abril de 2021.

Para o milho, a Anec manteve a projeção em 850 mil toneladas neste mês, contra 21,9 mil toneladas um ano antes.

Além disso, a associação ainda elevou suas estimativas para exportação de trigo em abril a 156.218 toneladas, versus 155.168 toneladas na semana anterior.

No mesmo período do ano passado não foram registradas vendas externas do cereal.

Compartilhe esta publicação: