Anec reduz projeções para exportação de soja e farelo do Brasil em abril

As exportações de soja do Brasil devem alcançar 11,98 milhões de toneladas em abril, estimou a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) hoje (19) com uma redução ante a semana passada, assim como para.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Embarque de soja no porto de Paranaguá

Acessibilidade


As exportações de soja do Brasil devem alcançar 11,98 milhões de toneladas em abril, estimou a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) hoje (19) com uma redução ante a semana passada, assim como para o farelo, cujos embarques foram projetados em 1,956 milhão de toneladas.

Na projeção anterior, a entidade apontava 12,023 milhões de toneladas para as vendas externas do grão e 2,07 milhões para o farelo.

Caso confirmada a projeção para a soja, haverá queda quando comparada ao recorde de 15,67 milhões de toneladas registrado no mesmo mês de 2021.

Nesta temporada, o ritmo de exportações foi mais firme nos meses de janeiro e fevereiro, no comparativo anual, e a disponibilidade de grãos para embarque também é menor devido à quebra de safra causada pela seca no Sul.

Para o milho, a Anec manteve a projeção em 850 mil toneladas neste mês, contra 21,9 mil toneladas um ano antes.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Além disso, a associação ainda ajustou as estimativas para exportação de trigo em abril a 155.168 toneladas, versus 156.118 toneladas na semana anterior.

No mesmo período do ano passado não foram registradas vendas externas do cereal.

Compartilhe esta publicação: