Banco Mundial pede que economias avançadas ampliem oferta de alimentos, energia e fertilizantes

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Johannes P. Christo/Reuters
Johannes P. Christo/Reuters

Logo do Grupo Banco Mundial

Acessibilidade


O presidente do Banco Mundial, David Malpass, pediu hoje (19) que economias avançadas ampliem a ajuda alimentar a países em desenvolvimento, e que trabalhem para elevar a produção de alimentos, energia e fertilizantes para lidar com a escassez e aumento de preços provocados pela guerra na Ucrânia.

VEJA TAMBÉM: Guerra na Ucrânia será responsável por elevar insegurança alimentar global, diz Yellen

Malpass, falando em evento com a chefe do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, afirmou que pagamentos em dinheiro ou vales seriam uma boa maneira de ajudar os produtores em países pobres a comprar fertilizantes para garantir a produção de alimentos.

Georgieva disse que a crise está exacerbando a divergência entre países ricos e pobres, e afirmou ser crítico diversificar a produção de alimentos, energia e ofertas de fertilizantes para reduzir a dependência da Rússia.

Compartilhe esta publicação: